Zagueiro Yan Victor fala sobre sequência e carinho da torcida sul-coreana: 'Marcante'

Yan Victor falou do contato com a torcida da Coreia do Sul (Foto: Divulgação/Cheongju FC)


Uma mudança radical de cultura nunca é algo fácil para um jogador de futebol. Entretanto, uma conexão Brasil-Coréia do Sul tem sido “satisfatória”, garante o zagueiro Yan Victor, de 26 anos. Na 13ª colocação da Korea National League (KNL), a terceira divisão nacional, o brasileiro tem sido alvo constante de carinho dos torcedores sul-coreanos, que comparecem em peso aos jogos para apoiar o time.

- O início do trabalho tem sido satisfatório a nível pessoal e tenho me adaptado muito bem. Desde o dia em que cheguei, tenho sido muito bem acolhido. Em todos os nossos jogos recebemos esse carinho incrível dos fãs do Cheongju, o que tem sido bem marcante para mim - explicou Yan.

Já classificado para a segunda divisão nacional na próxima temporada, o Cheongju é um time muito querido em nível regional. Em julho, a equipe participou do programa We Kick Together, da rede local JTBC, onde enfrentou um combinado de estrelas da música.

Na KNL, o time treinado por Choi Yun-kyum trabalha variações táticas e de elenco como forma de preparo para a temporada que vem. O próximo duelo da equipe é contra o Gyeongju KHNP, em 17 de setembro, às 7h (horário de Brasília).

- Procuro trabalhar sempre para performar da melhor forma e ajudar minha equipe. Meu foco é na continuidade dessa evolução durante a sequência na temporada - garantiu.