Zagueiro do Fortaleza vê equipe com necessidade de ser 'mais eficiente'

Divulgação / Santos


Com a vitória do Juventude sobre o Ceará, o Fortaleza precisava vencer o Santos, neste domingo (24), para não terminar a rodada na última posição do Campeonato Brasileiro. Porém, o empate sem gols na Arena Castelão trouxe uma nova frustração ao torcedor e também aos jogadores do Leão.

>Confira o ranking da IFFHS com os 10 melhores times do mundo

O zagueiro Marcelo Benevenuto, ainda à beira do gramado, frisou a questão da quantidade de tentativas buscadas pelo Tricolor, chegando ao ponto de totalizar 27 finalizações.

Porém, da mesma forma que exaltou a dedicação, o defensor também colocou a necessidade da equipe ser mais eficiente em seu volume de jogo. Algo que pode igualmente ser traduzido em números além do empate sem gols, já que somente duas das 27 tentativas foram na direção da meta defendida por João Paulo.

- Está faltando ser eficiente. Tentamos, tentamos e tentamos. Temos que pedir desculpas para o torcedor. Infelizmente, não conseguimos fazer o gol. É continuar trabalhando, é o jeito. Trabalhar para ser mais eficiente, sair o gol e sair com a vitória. Estamos criando, até jogando bem, e não conseguimos fazer o gol. Vale mais jogar mal e ganhar, como foi contra o Atlético-GO - apontou o zagueiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos