Do Z4 para cima: Botafogo muda cenário em uma semana e volta à 'lua de mel' com torcida

Joel Carli é abraçado pela torcida do Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)


O que pode mudar em sete dias?. Em uma semana, o Botafogo passou de um cenário de protestos de torcedores no CT e pressão pela zona de rebaixamento a duas vitórias importantes seguidas no Brasileirão, subida na tabela e até mesmo uma ambição pelo G6.

+ Botafogo se aproxima de Eran Zahavi e tem contratação encaminhada

Apenas oito dias separam esta terça-feira da última segunda-feira, quando o Botafogo foi derrotado pelo Avaí no Nilton Santos com um gol de Kevin. Desde lá, Luís Castro optou por uma mudança tática na equipe, a entrada de três zagueiros e os resultados chegaram.

O clube saiu da 18ª colocação e atualmente está na 7ª posição. O Botafogo tem 18 pontos, mesmo número do Fluminense, primeiro clube no G6. A distância para o primeiro time nesta zona já chegou a ser de cinco pontos. A próxima partida é justamente contra o Tricolor, no próximo domingo.

O protesto virou uma invasão ao Aeroporto do Galeão quase à uma hora da manhã de uma virada de domingo para segunda-feira para comemorar uma virada histórica. Os gritos de reclamação viraram gritos de alegria e comoção.

+ VÍDEO: Apresentadores da Botafogo TV vão à loucura com gol da vitória sobre Internacional

A "lua de mel" vista no começo do Brasileirão parece ter retornado, mas há por onde. O Botafogo lutou, mostrou e deu sinais de reação - além, claro, dos resultados positivos.

+ VEJA A TABELA DO BRASILEIRÃO

O Botafogo saiu do inferno para perto do paraíso em uma semana. Em sete dias, o Alvinegro mudou a chave, tem um novo panorama dentro e fora de campo e vai mais confiante para o clássico.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos