Zé Hugo relembra trajetória após primeiro gol pelo Coritiba

Zé Hugo marcando gol diante do Fortaleza (Felipe Dalke/Coritiba)


O personagem central da vitória do Coritiba por 2 a 1 sobre o Fortaleza, neste domingo (3), certamente foi o atacante Zé Hugo e seu choro copioso após marcar o segundo tento do Verdão já aos 49 minutos do tempo complementar.

>Apresentadora se desculpa após opinar sobre racismo de Piquet

Na entrevista depois da partida, o atleta de apenas 22 anos de idade relembrou a sua trajetória onde o aspecto da superação é elemento marcante. Especialmente, quando se analisa o panorama vivivo ainda no ano de 2020.

- Não foi fácil chegar até aqui. Pulei da Série D para a Série A, jogava na várzea. Há dois anos atrás, eu estava desempregado, jogando na várzea. Então, esse gol aqui é pra coroar um trabalho, um esforço grande. Agradeço a todos os meus companheiros e a essa torcida maravilhosa que nunca para de cantar, de apoiar. É isso, é emoção demais e gostaria de dedicar o gol para minha mãe.

Reforço contratado pelo Coxa junto ao Azuriz, Zé Hugo tem no currículo passagens por alguns clubes no futebol nacional (Farroupilha, Botafogo-PB, São Gabriel e Nova Mutum) antes de chegar ao clube gerenciado, entre outros integrantes, pelo lateral-esquerdo Marcelo, ex-Real Madrid.

Até o momento, o jovem avante tinha feito apenas quatro partidas pelo Coritiba. Sendo que, desses compromissos, iniciou como titular apenas frente ao América-MG, no último dia 15 de maio, quando o clube do Alto da Glória venceu por 1 a 0 pelo Campeonato Brasileiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos