Yuri Alberto ‘muda roteiro’ e abre saco de gols pelo Corinthians

Yuri Alberto voltou a marcar com a camisa do Corinthians no empate em 2 a 2 contra o Juventude, na noite da última terça-feira (4). Foi a oitava vez que o atacante foi às redes, em 19 jogos com a camisa corintiana.

Contra o Papo foi o terceiro jogo consecutivo que o atacante deixou a sua marca. Antes, ele também havia marcado contra Cuiabá e Atlético-GO. Além disso, foram cinco gols anotados nos últimos sete compromissos do Timão, retrospecto que ajuda o centroavante a ‘reescrever’ uma história recente: a de concentração de gols.

Se somarmos as duas últimas temporadas, ambas atuando pelo Internacional, Yuri Alberto marcou 30 gols em 84 partidas, uma média de 0,35 gol por jogo. O atacante foi às redes em 35 partidas diferentes, o que representa 41,6% dos jogos em que esteve presente.

Mesmo marcando muitos gols, em alguns momentos esses tentos eram concentrados em determinadas partidas. Um exemplo é que Yuri marcou três hat-tricks durante os dois anos em que foi jogador do Colorado, por exemplo.

E o que parecia era que a escrita se repetiria com a camisa corintiana. Yuri Alberto demorou oito jogos para desencantar com o manto do Timão, mas quando encerrou o jejum foi logo marcando três no mesmo jogo, contra o Atlético-GO, pela volta das quartas de final da Copa do Brasil. A atuação rendeu ao Corinthians a remontada, já que na ida, em Goiânia, o clube havia sido derrotado por 2 a 0.

No entanto, com o tempo, a confiança foi aumentando e Yuri Alberto foi deixando a sua marca jogo a jogo. Primeiro, contra o seu ex-clube, o Internacional, pela 25ª rodada do Brasileirão, seguido do clássico contra o São Paulo na partida seguinte. Depois, foram dois compromissos em jeju,. contra Fluminense, pela Copa do Brasil, e América-MG, pelo Campeonato Brasileiro, que foram sucedidos pelos três jogos consecutivos marcando: Atlético-GO, Cuiabá e Juventude.

Pelo Corinthians, Yuri Alberto tem oito gols marcados em 19 jogos, uma média de 0,42 por partida. O camisa 9 deixou a sua marca em seis partidas diferentes, o que representa 31,5% dos compromissos corintianos em que ele esteve em campo.

O bom retrospecto tem feito a diretoria corintiana ‘mexer os pauzinhos’ para a contratação em definitivo do jogador, que está emprestado pelo Zenit, da Rússia, até o meio do ano que vem.

O valor para a compra do atleta está fixado em 20 milhões de euros (R$ 103,2 mi). O Timão fará de tudo para manter o atleta e, com isso, pode até envolver o goleiro Ivan e o atacante Gustavo Mantuan, que estão emprestados, como ‘contrapeso’ ao empréstimo de Yuri.