Wimbledon anuncia premiação recorde de 40,3 milhões de libras

Complexo de Wimbledon

(Reuters) - Wimbledon não valerá pontos no ranking este ano, mas vai distribuir uma premiação recorde em dinheiro de 40,3 milhões de libras (50,5 milhões de dólares) e terá capacidade total de público pela primeira vez em três anos.

O torneio do Grand Slam disputado na grama londrina perdeu o direito de conceder pontos nos rankings da ATP e da WTA depois de ter optado por excluir tenistas da Rússia e de Belarus por causa da invasão russa à Ucrânia, que Moscou chama de "operação especial". Belarus tem sido uma área chave para a invasão.

Os campeões de simples no masculino e no feminino receberão 2 milhões de libras cada, disseram os organizadores nesta quinta-feira.

"Desde a primeira rodada da competição classificatória até os campeões sendo coroados, a distribuição de prêmios em dinheiro deste ano visa refletir o quanto os jogadores são importantes para o campeonato", disse Ian Hewitt, presidente do All England Club.

A premiação total em dinheiro no ano passado foi pouco acima de 35 milhões de libras, com Novak Djokovic e Ash Barty embolsando 1,7 milhão de libras cada depois de serem coroados campeões.

O torneio será realizada de 27 de junho a 10 de julho.

(Reportagem de Manasi Pathak, em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos