WGP 66: Cesinha Almeida vence Ivan Galaz por nocaute e mantém título

Título permanece no brasil (Foto: Divulgação/WGP)


O WGP retornou em grande estilo na noite deste sábado, dia 3 de setembro, em São Bernardo do Campo, São Paulo. A edição 66 coroou o brasileiro Cesinha Almeida com a manutenção do título dos cruzadores após vitória por nocaute no primeiro round diante do chileno Ivan Galaz. O evento teve ainda como destaque o triunfo do argentino Ignacio El Fino em cima do brasileiro Robson Minoto. Outros pontos altos da noite foram as vitórias de Vitor Aquino sobre Anderson Arcanjo e de Jonas Salsicha sobre Junior Alpha, ambos por nocaute. Com as vitórias, os dois avançam às semifinais do All-Star GP na divisão dos Super-Médios. O próximo evento do WGP está marcado para o dia 12 de outubro, em São Paulo.

A luta principal do WGP 66 colocou frente a frente Cesinha Almeida e Ivan Galaz pela segunda vez. E se o primeiro embate foi marcado pelo equilíbrio, o segundo foi pelo caminho oposto. Defendendo seu cinturão de novo, desta vez em casa, o brasileiro mostrou porque é o campeão da categoria. Diante de muita torcida presente no Ginásio Poliesportivo de São Bernardo do Campo e com uma atuação firme e agressiva desde o primeiro minuto, ele não deu chances ao desafiante chileno e dominou as ações do combate até conseguir um nocaute no final do primeiro assalto.

No co-main event da noite, o argentino Ignacio El Fino tinha uma dura missão. Ele encarou o brasileiro Robson Minoto, que por não ter atingido o peso limite do duelo (66,8kg), começou a luta com menos dois pontos, um em cada dos dois primeiros rounds. A luta começou com trocas incessantes de golpes, com os dois atletas alternando bons momentos. Ao fim dos três rounds, o argentino, com um boxe muito alinhado, aproveitou a vantagem, controlou a luta e levou a melhor por decisão unânime em um duelo muito equilibrado. Antes disso, o paraguaio Walter Candia e o argentino Marcos Ríos fizeram outro duelo internacional da noite. Com uma atuação segura e agressiva desde o início, Marcos ficou esperando os melhores momentos para colocar seus golpes e com muita potência conseguiu três knockdowns ainda no primeiro round e levou a melhor por nocaute.

Vitor Aquino e Jonas Salsicha avançam no All-Star GP dos Super-Médios

O card principal do WGP 66 reservou ainda outro grande momento. Foi dada a largada no All-Star GP, novo GP lançado pela organização que reúne os melhores atletas de cada categoria em um formato único com quartas de final, semifinal e final. Nesta edição foram realizadas as duas primeiras quartas de finais, enquanto as outras duas acontecem na edição 67 e as fases finais no WGP 68.

Na primeira das quartas, o campeão da divisão Jonas Salsicha mostrou que também quer o título do All-Star GP. Diante de Junior Alpha, que desceu de categoria e pareceu sentir a parte física, Salsicha dominou totalmente o combate e após dois knockdowns no segundo round em que Alpha foi salvo pelo gongo, acabou terminando o combate no terceiro assalto após low kicks certeiros. Na outra quarta de final, Vitor Aquino encarou Anderson Arcanjo e também fez bonito. Depois de um primeiro round muito equilibrado, Aquino se impôs e acabou levando a vitória no segundo assalto após uma lesão de Arcanjo, que o impossibilitou de continuar no combate. Triunfo por nocaute técnico e presença garantida nas semifinais do All-Star GP.

Nas demais lutas da noite os destaques foram a ex-campeã dos Super-Médios Feminino, Bárbara Nepomuceno, e Marcio Jesus. A primeira retornou ao WGP após longo tempo e mostrou o porque tem duas medalhas em mundiais no currículo. Em uma batalha muito dura, em que sua adversária Gabriela Mingorance venceu muito caro a derrota, ela levou a melhor por decisão unânime. Já Márcio fez bonito ao aproveitar sua envergadura para dominar Daniel Dias e com muita potência nos low kicks, que minaram Dias, conseguir um nocaute no segundo round. Jones Coliseu, André Mascote e Mateus Machado foram os outros vencedores das Super Fights.

Já no Undercard os destaques ficaram com Zion Silva e Humberto Martins, que venceram Renan Maza e Cícero de Sousa por nocaute, respectivamente.

WGP 66 - Resultados Oficiais

Cesar Almeida venceu Ivan Galaz por nocaute no primeiro round

Ignacio El Fino venceu Robson Minoto por decisão unânime

Marcos Ríos venceu Walter Candia por nocaute no primeiro round

Vitor Aquino venceu Anderson Arcanjo por nocaute técnico no segundo round

Jonas Salsicha venceu Junior Alpha por nocaute no terceiro round

Barbara Nepomuceno venceu Gabriela Mingorance por decisão unânime

Jones Coliseu venceu Lucas Caldas por decisão unânime

André Mascote venceu Diego Galvarro por decisão unânime

Márcio Jesus venceu Daniel Dias por nocaute no segundo round

Mateus Machado venceu Vinícius Scarface por decisão dividida

Lucas Alexandrino venceu Marcelo Gabriel por decisão unânime

Vitor Lagartixa venceu Thel Henrique por decisão unânime

Zion Silva venceu Renan Maza por nocaute no primeiro round

Humberto Martins venceu Cícero de Sousa por nocaute no segundo round