Weverton fala de decisão do Palmeiras pela Libertadores: 'Continuar fazendo história'

Weverton falou do reencontro com seu ex-clube e com Felipão (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)


Titular do gol do Palmeiras, Weverton parte para sua quarta semifinal de Libertadores com a camisa alviverde e disputará a decisão deste ano diante de um adversário especial, o Athletico-PR, seu ex-clube, que é comandado pelo seu ex-técnico Felipão. Para o goleiro, é mais uma oportunidade de fazer ainda mais história pelo Verdão.

GALERIA
> Relembre a invencibilidade fora de casa do Palmeiras na Liberta

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Weverton, com passagem importante pelo Furacão antes de se mudar para o Palmeiras, comentou o reencontro com a equipe paranaense e com Luiz Felipe Scolari, treinador com mais vitórias em Libertadores na história do Alviverde (23 em 43 jogos, seguido por Abel, com 20 triunfos em 27 partidas).

- É sempre uma alegria voltar à Arena da Baixada. O Athletico faz parte da minha história, me projetou para chegar ao Palmeiras e à Seleção. Sou muito grato ao clube e às pessoas que me ajudaram. Terá também o reencontro com o Felipão e as pessoas que foram campeãs aqui com a gente. Sem dúvidas, será um grande jogo e a gente espera sair de lá com a vitória, sabendo que exigirá um grande preço - disse o camisa 21, campeão brasileiro em 2018 sob o comando de Felipão.

Em relação ao duelo desta terça-feira, Weverton destacou que “é decisão, é mais uma oportunidade de continuar fazendo história”. Será sua quarta semifinal (2018, 2020, 2021 e 2022) de Libertadores, podendo chegar na terceira final consecutiva da competição. Para ele, atingir mais um jogo desse nível exigirá um preço alto do time.

- A gente sabe o quanto será difícil, contra um adversário forte dentro da sua casa, mas a nossa equipe está muito bem preparada e faremos de tudo para conseguir entender o que um jogo de Libertadores nos exigirá. Tenho certeza de que faremos uma grande primeira etapa e depois, em casa, com o apoio do nosso torcedor, completar uma boa eliminatória e, se Deus quiser, passar para mais uma final - completou o goleiro palmeirense.

Weverton é o segundo atleta com mais jogos de Libertadores na história do Palmeiras (51), atrás apenas do ex-goleiro Marcos, com 57. Em vitórias, o atual arqueiro é o líder com 37, seguido por Gómez, com 35, Dudu, com 31, e Marcos, com 27.

Neste ano, o Verdão protagonizou a melhor campanha de todos os tempos da primeira fase, com seis vitórias em seis jogos, 25 gols marcados e apenas três sofridos. Nas oitavas, eliminou o Cerro Porteño-PAR por 3 a 0 e 5 a 0 e, nas quartas, passou pelo Atlético-MG após empates por 2 a 2 e 0 a 0 e com um triunfo nos pênaltis.