Volta de Dorival Júnior ao Flamengo tem semelhanças com a contratação de 2018; relembre

Dorival Júnior comanda o Flamengo diante do Internacional (Foto: Delmiro Junior/Photo Premium)


O início da terceira passagem de Dorival Júnior pelo Flamengo, que chega para substituir Paulo Sousa, tem várias semelhanças com a chegada do treinador ao clube em 2018. Por isso, abaixo, o LANCE! faz um paralelo com os fatos e mostra como estava a situação do Rubro-Negro na época.

> Landim mantém técnicos cerca de seis meses no Fla; relembre

No dia 28 de setembro de 2018, o Flamengo demitiu o então técnico Maurício Barbieri, que está hoje no Red Bull Bragantino. O treinador já vivia um momento de pressão no clube, e a derrota para o Corinthians por 2 a 1, pelo jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil, foi a gota d'água.

A partida aconteceu numa noite de quarta-feira, e o desligamento do técnico era apenas uma questão de tempo. Já na sexta-feira, o Flamengo embarcava para Salvador, onde tinha compromisso contra o Bahia, pelo Brasileirão. Assim, minutos antes da viagem, o Rubro-Negro anunciou a saída de Barbieri.

Horas mais tarde, o Flamengo oficializou a contratação de Dorival Júnior. Mesmo sem ter treinado o elenco, o treinador viajou para Salvador e esteve à frente do time no empate sem gols com o Bahia, no sábado. O contrato do técnico, também cabe lembrar, era válido até o fim de 2018.

Em 2022, o cenário não foi tão diferente. Após a derrota para o Red Bull Bragantino, a situação de Paulo Sousa no Flamengo ficou ainda mais delicada. Ele já vinha sob muita pressão e não resistiu a mais um resultado negativo, com um desempenho do time abaixo do esperado.

O jogo contra o Red Bull Bragantino aconteceu na quarta-feira, e, no dia seguinte, o Flamengo oficializou o desligamento do treinador. Inclusive, mesmo com a demissão sendo questão de tempo, Paulo Sousa comandou o treino da tarde antes de ser informado da decisão da diretoria.

Posteriormente, na sexta-feira, Dorival Júnior foi anunciado como novo técnico do Flamengo. Ele não comandou nenhum treino e só teve o primeiro contato com o grupo em Porto Alegre, onde o Rubro-Negro enfrenta o Internacional, pelo Brasileirão, no sábado. Ademais, assim como em 2018, ele firmou contrato até o fim da temporada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos