De volta ao cage após saída do UFC, Kalindra Faria se torna a primeira campeã do Brazilian FS

Kalindra é a primeira mulher a conquistar cinturão do Brazilian FS (Foto: Guimo Rodrigues)


Em sua primeira luta desde que deixou o UFC, em 2018, Kalindra Faria não só reencontrou o caminho da vitória, como, de quebra, ainda se tornou a primeira campeã da história do Brazilian Fighting Series, que chegou à sua 10ª edição no último domingo, em São Bernardo do Campo, São Paulo.

Ainda no primeiro round, a veterana de 35 anos pegou a jovem Diná Silva, oito anos mais nova, com um mata-leão. Além de vencer o combate e conquistar o cinturão peso-palha da organização, Kalindra Faria ainda quebrou a invencibilidade da adversária, que até então vinha de três vitórias em três lutas.

O uruguaio Eduardo Garagorri, que não lutava desde 2020, precisou de menos de três minutos para apresentar a primeira derrota da carreira de William de Tárcio, que subiu no cage com o cartel de oito vitórias em oito lutas. O ex-UFC encurralou o brasileiro na grade e, com uma sequência de socos, chegou ao triunfo por nocaute técnico.

Ainda pelo card principal, Wilker Feijão finalizou Vanilton Antunes com um mata-leão no terceiro round; Felipe dos Santos venceu Rafael Montouro por decisão dividida numa verdadeira batalha de três rounds, eleita a melhor do evento; e os irmãos gêmeos Marciano e Márcio Ferreira superaram Tiago Xavier e Carlos Daniel, respectivamente.

Luta nobre

O Brazilian Fighting Series apoia a campanha S.O.S. Calamidades da Legião da Boa Vontade que está arrecadando fundos e itens básicos para ajudar as vítimas das recentes chuvas nos estados de Alagoas e Pernambuco. Acesse LBV.org ou @lbvbrasil no Instagram para saber como ajudar.

Brazilian Fighting Series 10
Thunder Fight Center, São Bernardo do Campo, SP
29 de maio de 2022


Kalindra Faria finalizou Diná da Silva com um mata-leão aos 3:16 do R1
Eduardo Garagorri venceu William de Tarcio por nocaute técnico aos 2:41 do R1
Wilker Feijão finalizou Vanilton Antunes com um mata-leão a 1:35 do R3
Inaildo Santos venceu Nilton Gavião por decisão unânime
Tayron Pedro venceu Jair Leonel por decisão unânime
Marciano Ferreira venceu Tiago Xavier por decisão unânime
Thiago Hayne venceu Rafael da Silva por nocaute técnico aos 0:57 do R1
Felipe dos Santos venceu Rafael Montouro por decisão dividida
Thalita Soares venceu Mariana Salles por nocaute técnico a 3:40 do R2
Alisson Lopes venceu Daniel Silva por nocaute técnico aos 4:11 do R2
Lucas Lima finalizou Gustavo Henrique com uma guilhotina aos 1:06 do R2
Márcio Ferreira finalizou Carlos Daniel com uma guilhotina aos 3:58 do R1

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos