Vitor Roque comemora vantagem do Athletico mas coloca pés no chão para o jogo da volta

Vitor Roque está na mira de Barcelona e Real Madrid (José Tramontin/athletico.com.br)


Vitor Roque já é considerado uma realidade no futebol brasileiro apesar de ainda ter apenas 17 anos. O atacante do Athletico-PR vem sendo fundamental na campanha da equipe na Copa Libertadores 2022 e já é olhado como uma joia a ser lapidada para a Seleção.

Com a assistência no gol de Alex Santana, que deu a vantagem no confronto contra o Palmeiras no jogo de ida das semifinais da Libertadores, o camisa 27 comentou sobre como a equipe do Furacão vai para a volta, em jogo a ser realizado no Allianz Parque.

- Um resultado importante, sempre bom ter uma vantagem, mas não tem nada decidido. Tem mais 90 minutos em São Paulo, sabemos a dificuldade que será, contra uma grande equipe, mas confiamos no nosso potencial e vamos nos preparar para sairmos com a classificação - falou o atacante sobre as chances de chegar à final.

A jogada do gol athleticano nasceu após falha do zagueiro Murilo, contou com a luta de Vitor para dominar a bola dentro da área e ajeitar para Alex Santana estufar o gol defendido por Weverton.

Além disso, o jovem atacante gostou da postura dos companheiros dentro de campo, principalmente após a expulsão de Hugo Moura aos 25 minutos do segundo tempo, demonstrando toda a vontade dos jogadores do Furacão em disputar a segunda final da história do clube, sendo a primeira em 2005, contra o São Paulo.

- Foi uma disputa na área, pude fazer bem o domínio e o Alex Santana teve toda a qualidade para fazer o gol. Mas é destacar o coletivo, toda a garra que demonstramos. Jogamos por um período com um a menos e o time todo correu sem parar, se esforçou e conseguimos o resultado de forma merecida