De virada, Chapecoense conta com brilho dos zagueiros e vence Náutico pela Série B

Foto: Divulgação/Chapecoense


Neste domingo (17), a Chapecoense contou com o brilho dos seus zagueiros e venceu, por 2 a 1, o Náutico. Os times se enfrentaram pela 18ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time segue na 17ª colocação, enquanto o Timbu aparece em 18º.

Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

MOVIMENTADO!

Precisando da vitória para deixar o G-4, os times entraram em campo com tudo. O Náutico teve boas chances e chegou ao ataque com Richard Franco e João Lucas. A melhor chance do Timbu aconteceu aos 14, quando João Lucas cruzou para Franco, que chutou de primeira. A bola foi para fora.

Com o passar do tempo, a Chapecoense começou a equilibrar o duelo e também levou perigo aos adversários. Aos 18, Claudinho fez Lucas Perri voar para defender. Betinho quase abriu o placar para os adversários. Aos 35, a arbitragem marcou pênalti para a Chape. Contudo, após análise do VAR, a decisão foi anulada.

GOLS...

A segunda etapa seguiu com grande pressão. Logo no primeiro minuto, o Náutico já abriu o marcador. Na jogada, Jean chutou, e o goleiro espalmou. Na sobra, Geuvânio chutou de primeira e balançou as redes. O Timbu quase ampliou com Jonathas e Júnior Tavares, mas os jogadores desperdiçaram.

A Chapecoense voltou a equilibrar o jogo e também levou perigo aos mandantes da partida. Aos 27, Léo deixou tudo igual, de bola parada. Depois disso, o duelo ficou bastante equilibrado, com poucas chances sendo criadas. No final, Orejuela e Kevin quase decretaram a virada, mas isso só foi acontecer aos 46. Após batida de escanteio, Xandão subiu e mandou para o fundo das redes.

FICHA TÉCNICA
NÁUTICO X CHAPECOENSE

Local:
Estádio dos Aflitos, em Recife (PE)
Data e hora: 17/07/2022 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)
Assistentes: Pedro Jorge Santos de Araujo (AL) e Brigida Cirilo Ferreira (FIFA) (AL-FIFA)
VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Cartões amarelos: Betinho e Léo (Chapecoense)
Cartões vermelhos: -

GOLS: Geuvânio, aos 1'/2ºT (1-0); Léo, aos 27'/2ºT (1-1); Xandão, aos 46'/2ºT (1-2)

NÁUTICO (Técnico: Roberto Fernandes)

Lucas Perri; Carlão, Bruno Bispo e João Lucas; Luís Felipe (Júnior Tavares, aos 20'/2ºT), Ralph, Richard Franco (Kieza, aos 36'/2ºT), Victor Ferraz, Jean Carlos e Pedro Vitor (Jonathas, aos 0'/2ºT); Geuvânio (Niltinho, aos 9'/2ºT).

CHAPECOENSE (Técnico: Marcelo Cabo)

Vagner; Ronei, Léo, Xandão e Fernando (Kevin, aos 22'/2ºT); Marcelo Santos, Matheus Bianqui, Betinho (Calebe, aos 40'/2ºT) e Claudinho (Orejuela, aos 22'/2ºT); Chrystian (Vitor Becker, aos 40'/2ºT) e Derek (Perotti, aos 34'/1ºT).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos