Vinicius Jr. é um grande jogador e não um provocador, diz Ancelotti

Vinicius Jr. em jogo do Real Madrid

MADRI (Reuters) - O técnico do Real Madrid, Carlo Ancelotti, disse que não vai dizer ao atacante Vinicius Jr. para moderar seu estilo de jogo, apesar das críticas de que o brasileiro vem provocando seus adversários.

Vinicius esteve envolvido em uma série de confrontos em campo durante a vitória do Real Madrid por 4 x 1 sobre o Real Mallorca no domingo, discutindo com vários jogadores visitantes e com o técnico Javier Aguirre sobre o número de faltas que recebeu.

Ancelotti e o companheiro de equipe Toni Kroos foram vistos dizendo a Vinicius para se acalmar durante a partida e se concentrar em jogar em vez de enfrentar os adversários.

Mas o técnico minimizou a questão antes da partida do Real pela Liga dos Campeões em casa contra o RB Leipzig na quarta-feira.

"O que vejo é um grande jogador que está demonstrando seu talento, é isso", disse Ancelotti em entrevista coletiva.

"Não sou surdo e não sou estúpido, posso ouvir o que está sendo dito, mas isso não é um assunto para nós ou para o Vinicius. Ele tem uma qualidade extraordinária e é normal que os adversários tentem impedi-lo e as regras do jogo existem para proteger todos os jogadores, não apenas Vinicius."

Vinicius, de 22 anos, está em sua melhor fase desde que chegou ao Real há quatro anos, marcando gols nos últimos cinco jogos em todas as competições.

O Real também está em uma forma implacável para a partida contra o Leipzig. Venceu todos os cinco jogos nacionais para liderar a classificação da LaLiga e bateu o Celtic por 3 x 0 na semana passada no jogo de abertura do Grupo F da Liga dos Campeões.

O Leipzig sofreu uma derrota em casa por 4 x 1 para o Shakhtar Donetsk na semana passada, o que levou à demissão do técnico Domenico Tedesco no dia seguinte.

No entanto, eles começaram bem sob o comando do sucessor Marco Rose, vencendo por 3 x 0 o Borussia Dortmund na Bundesliga no sábado.

(Reportagem de Richard Martin)