Vila tem clima tenso com muitos protestos após eliminação do Santos

Torcida do Santos protestou antes e depois do jogo contra o Táchira (Foto: Gabriel Teles/LANCE!)


A saída dos torcedores do Santos após a eliminação na Copa Sul-Americana para o Deportivo Táchira teve muito tumulto. Enquanto deixavam a Vila Belmiro, alguns torcedores arrancaram a placa do vestiário do estádio. Após isso, a Polícia Militar dispersou os envolvidos.

Fora do estádio, a situação também era tensa. Bombas foram lançadas em direção ao ônibus do elenco do Peixe. Há uma grande movimentação de policiais cercando o veículo do clube. Há relatos dos torcedores nas redes sociais de gás de pimenta e bombas atiradas pela polícia nos arredores.

Antes da bola rolar, alguns protestos ocorreram contra a atual diretoria e o departamento de futebol. Próximo ao Portão 16, com uma caixa de som, torcedores tentavam contato com a liderança do clube.

- Queremos um time decente. Não queremos gastar dinheiro para ver nosso time perder em casa. Ganhamos apenas um jogo. Queremos ver vitória. Não dá para entender Angulo, Júlio, Goulart, que veio bichado. Só contratação medíocre - concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos