Rony vira maior artilheiro do Palmeiras na Libertadores

O Palmeiras conquistou uma vitória que parecia fácil, mas se tornou complicada no 3 a 1 sobre o Emelec-EQU, em Guayaquil. No entanto, apesar do "perrengue", ela acabou sendo história para Rony, que abriu o placar da partida e se tornou o maior artilheiro do clube na história da Copa Libertadores.

Antes do duelo, o camisa 10 palmeirense estava empatado com Alex na artilharia com 12 gols marcados, e ultrapassou o ídolo alviverde anotando o 13º, tamanha a importância dele nas últimas duas edições da competição continental, nas quais o Verdão terminou como campeão (2020 e 2021).

Na terceira posição está um outro personagem do elenco atual, que é Raphael Veiga, com 11 gols. O meia, que também tem estrela na Libertadores, é um dos que podem ameaçar, a curto prazo, a liderança de Rony, que poderia ter aberto uma vantagem ainda maior se não tivesse perdido, pelo menos, três chances claras de balançar a rede diante do Emelec, nesta quarta-feira, fora de casa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos