Os melhores mascotes das Copas

Estádios monumentais e gols lendários até deixam o público contente. Mas são os mascotes que carregam a alegria da galera durante a Copa do Mundo

E a gente não podia falar desses personagens carismáticos sem citar o Fuleko.

O tatuzinho do Mundial de 2014 no Brasil marcou época e protagoniza memes até hoje.

Outro mascote do reino animal que chamou atenção foi Zakumi, um leopardo representante da Copa de 2010 da África do Sul.

Footix foi o galo escolhido para o campeonato de 98 na França. Seu nome faz menção a outro símbolo do país, o personagem Asterix.

O Juanito Maravilha, da Copa de 1970, no México, também merece respeito.

O mascote de 2022 é La’eeb, um lenço de cabeça usado na cultura árabe.

Você acha que ele vai deixar saudades também?