Mulher acusa Roberto Carlos de abandono afetivo e atraso em pensão alimentícia dos filhos; ex-lateral nega

Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Barbara Thurler, mulher com quem Roberto Carlos teve dois filhos, acusa o ex-lateral da Seleção de abandono afetivo das crianças e de atrasar pensão alimentícia no valor de R$ 10 mil mensais (R$5 mil para cada). Um mandato de prisão já tinha sido expedido contra Roberto pelo mesmo motivo em 2017, mas ele entrou em um acordo e fez a quitação dos atrasados. O ex-jogador nega. A informação é do 'Uol Esportes'.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos