'Fizeram meu filho e minha esposa chorar', diz Celsinho sobre caso de racismo

Celso Luís Honorato Júnior, 33, o Celsinho, diz que vai ficar marcada a cena que presenciou ao chegar ao apartamento em que vive em Londrina, no interior do Paraná, no último domingo (29). Sua esposa, Carolina, e seu filho de 14 anos estavam chorando.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos