Destaque da seleção de handebol, Felipe Borges revela dificuldades durante a pandemia: “Treinava na garagem”

Um dos atletas mais experientes da seleção brasileira de handebol, que há 15 anos veste a camisa verde e amarela em competições internacionais, Felipe Borges precisou adaptar a sua rotina profissional para se manter em atividade, durante o período sem jogos em 2020, na pandemia da Covid-19.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos