Cartões na Libertadores: Corinthians soma R$ 46 mil em multas

No empate por 1 a 1 com o Boca Juniors, pela Libertadores, o Corinthians recebeu seis cartões amarelos e dois vermelhos. Dessa forma, como prevê o regulamento da Conmebol, o clube alvinegro soma 9,4 mil dólares (R$ 46,6 mil na cotação atual) em multas por cartões na fase de grupos.

Cada cartão é debitado dos valores que os times participantes recebem de premiação. Cada cartão amarelo na fase de grupos custa aos clubes 400 dólares (R$ 1.986,80 na cotação atual), enquanto o vermelho chega a 1500 dólares (R$ 7.450,5 na cotação atual).

Contra o Boca, Raul Gustavo, Robson Bambu, Fábio Santos, Gustavo Mantuan, Renato Augusto e Jô foram amarelados, e Cantillo e Vítor Pereira receberam cartões vermelhos. Raul estava pendurado e não enfrenta o Always Ready na rodada final.

A expulsão aconteceu aos 23 minutos do segundo tempo, durante confusão generalizada. O árbitro uruguaio Christian Ferreyra deu cartão vermelho para Cantillo por empurrar Pol Fernández e para o técnico Vítor Pereira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos