Caboclo usa perícia e ratifica acusação de que Del Nero quis abafar denúncia de assédio

Afastado da presidência da CBF por acusação de assédio a uma funcionária, Rogério Caboclo disse que contratou uma perícia grafotécnica para comprovar o envolvimento de Marco Polo Del Nero na acusação. Segundo ele, a proposta de acordo de R$ 12 milhões para a funcionária foi feita por Del Nero.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos