Anitta fala sobre possíveis ameaças de morte por falar de política: “Nada me assusta”

Originais do Yahoo

A cantora Anitta passou a dar aulas sobre política no seu Instagram com a ajuda de Gabriela Prioli e, nesta última terça-feira, 12, passou o dia empenhada em conscientizar seus seguidores sobre a votação da MP 910/2019 na Câmara de Deputados e os efeitos que ela teria no meio ambiente.

"Os fãs estão falando que estão de saco cheio que estou falando de política”, contou Anitta, nos stories. “Cara, é muito importante. A gente não pode fechar os olhos para as coisas que acontecem no nosso país. A gente tem esse poder de mudar e se eu consigo falar com tanta gente, acho que nada mais prudente do que usar essa visibilidade pra uma parada importante", explicou a cantora.

Anitta revelou que recebeu mensagens de amigos a alertando sobre possíveis ameaças de morte que ela receberia por criticar ações do presidente Jair Bolsonaro. “Quanto mais me ameaçar, mais eu vou ter vontade de fazer, tá bom? Eu sou essa pessoa. Eu não tenho medo de morrer. Se me matar, eu viro uma alma assombrada e venho assombrar essa pessoa”, disse ela, que completou: “Se alguém estiver pensando em me ameaçar, dá uma assistida no meu documentário (na Netflix), pra ver que nada mais me assusta nesse mundo. Depois de tudo que passei pra chegar aqui, não tem ameaça certa."

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também