Veja quais são os maiores campeões da Copa do Mundo


A Copa do Mundo de 2022 começa no dia 20 de novembro e as expectativas para saber quem levantará o troféu aumentam a cada dia. De olho na grande decisão, que será realizada no dia 18 de dezembro, no Lusail Stadium, no Qatar, algumas seleções buscam o título inédito, enquanto outras querem levar mais uma taça para os seus adeptos. Dessa forma, o LANCE! traz para você, torcedor, as seleções que mais vezes ergueram o troféu da Copa do Mundo.

+ Saiba os jogos de cada convocado por Tite antes da Copa do Mundo

BRASIL NO TOPO

Conhecido como o "País do Futebol", não é novidade para os admiradores do esporte que o Brasil é o maior campeão da Copa do Mundo. Com cinco títulos, a Seleção Brasileira é, de forma isolada, a grande referência da competição.

O Brasil venceu a Copa em 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002. Nas duas primeiras conquistas, o nosso país venceu, respectivamente, Suécia e Tchecoslováquia.

No Estádio Azteca, no México, o Brasil derrotou a Itália por 4 a 1 e garantiu o tricampeonato e, consequentemente, a Taça Jules Rimet. Em 1994, ergueu o Tetra após vitória nos pênaltis, também contra os italianos. Oito anos depois, triunfou sobre a Alemanha, com vitória por 2 a 0, marcada pela atuação da dupla Ronaldo "Fenômeno" e Rivaldo.

Cafu - 2002
Cafu - 2002

Cafu beija o troféu da Copa do Mundo de 2002 (Foto: Antonio Scorza/AFP)

DOIS TETRACAMPEÕES

Duas seleções ocupam o segundo lugar na prateleira de maiores campeãs da Copa do Mundo. Tanto Itália, quanto Alemanha, são tetracampeãs mundiais.

Tradicionalmente impecável nos sistemas defensivos, a Seleção Italiana se sagrou campeã em 1934, 1938, 1982 e 2006. Nos dois primeiros títulos, conquistados de forma consecutiva, a Itália derrotou, respectivamente, Tchecoslováquia e Hungria.

Em 1982, venceu a decisão contra a própria Alemanha por 3 a 1, mas o confronto que marcou a competição ocorreu nas quartas de final, contra o Brasil, no qual os italianos venceram talentosa geração brasileira por 3 a 2, com hat-trick de Paolo Rossi.

O tetracampeonato veio em 2006, contra a França de Zinedine Zidane. A partida foi vencida nos pênaltis após empate em 1 a 1 no tempo normal.

Já a Alemanha venceu a grande competição em 1954, 1974, 1990 e 2014. Na primeira conquista, derrotou a forte geração húngara, liderada por Ferenc Puskás, por 3 a 2. Vinte anos depois, os alemães superaram a histórica Seleção Holandesa de Johan Cruijff na final, vencida por 2 a 1.

Em 1990 e em 2014, os alemães derrotaram a Argentina. Nas duas decisões, vitórias por 1 a 0 sobre os times comandados por Diego Maradona e Lionel Messi. O último troféu foi erguido no Maracanã, templo do futebol brasileiro, com gol de Mario Götze, convocado para a próxima Copa do Mundo.

BICAMPEÕES EM BUSCA DO TERCEIRO TROFÉU

Nenhuma seleção ocupa o posto de tricampeã na atualidade. Porém. Uruguai, Argentina e França são três equipes que visam colocar a terceira estrela em seus uniformes.

Na primeira edição da Copa do Mundo, o Uruguai se sagrou campeão ao derrotar a Argentina, por 4 a 2, no Estádio Centenário de Montevidéu.

O segundo e último título foi conquistado em 1950, no histórico "Maracanazzo". Realizada no Brasil, a quarta edição da competição tinha a Seleção Brasileira como grande favorita a vencer o troféu.

No entanto, os uruguaios acabaram com a festa de mais de 200 mil torcedores e derrotaram, no Maracanã, a Amarelinha. Com o placar de 2 a 1, os "gaúchos" levantaram o segundo título com um silêncio ensurdecedor vindo das arquibancadas.

Vice-campeã em 1930, a Argentina venceu a Copa do Mundo pela primeira vez em casa, em 1978. Contra a Holanda, que já não tinha Johan Cruijff na equipe, os argentinos fizeram 3 a 1 na grande decisão, realizada no Monumental de Nuñez, casa do River Plate.

Em 1986, os hermanos conquistaram o bicampeonato com desempenho histórico de Diego Maradona. Na grande final, a Argentina venceu a Alemanha por 3 a 2 para mais de 110 mil torcedores no Estádio Azteca, palco do tri do Brasil.

Atual campeã do mundo, a França se sagrou bicampeã com os títulos conquistados em 1998 e 2018. O primeiro troféu foi conquistado, assim como nos casos dos outros bicampeões, em casa.

Com show de Zinedine Zidane, os franceses venceram a Seleção Brasileira por 3 a 0 e entraram na lista de campeões mundiais. Duas décadas depois, com a forte geração de Mbappé, Griezmann e Pogba, a França venceu a Croácia por 4 a 2 e escreveu mais um capítulo de sua história.

UM TÍTULO PARA CADA

Inglaterra e Espanha fecham a lista de campeões do mundo com um título para cada seleção. Em 1966, os ingleses venceram a Copa do Mundo em Wembley, um dos estádios mais tradicionais do planeta.

Na decisão, a Inglaterra derrotou a Alemanha por 4 a 2. Dessa forma, Bobby Moore, um dos destaques da equipe, recebeu o troféu.

Já a Espanha se sagrou campeã em 2010, na única Copa do Mundo realizada no continente africano. No Estádio FNB, na África do Sul, a geração de Andrés Iniesta venceu a Holanda por 1 a 0, com gol marcado pelo meio-campista nos minutos finais da prorrogação.

Confira todos os campeões e os anos das conquistas:

Brasil - 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002
Itália - 1934, 1938, 1982 e 2006
Alemanha - 1954, 1974, 1990 e 2014
Uruguai - 1930 e 1950
Argentina - 1978 e 1986
França - 1998 e 2018
Inglaterra - 1966
Espanha - 2010