Vasco vence o Criciúma fora de casa e amplia vantagem no G4 da Série B


Foi na luta, como tem sido, mas o Vasco voltou a vencer após dois jogos pela Série B do Brasileiro. E o fez fora de casa, num jogo válido pela 17ª rodada contra o Criciúma, antes quinto colocado. O gol de Raniel, de pênalti, foi o único no 1 a 0 que ampliou a vantagem do Cruz-Maltino para o primeiro time fora do G4, agora o Sport, para nove pontos. O próximo jogo vascaíno é contra o Sampaio Correa, também fora de casa.

+ ATUAÇÕES: Raniel marca e Andrey Santos conduz o Vasco em vitória sobre o Criciúma

Criciúma x Vasco - Raniel
Criciúma x Vasco - Raniel

Raniel fez o gol da vitória do Vasco (Foto: Daniel Ramalho/Vasco)

GOL CEDO
Logo nos primeiros minutos, Andrey cruzou da direita e a bola bateu na mão de Kadu. Após consulta ao VAR, o árbitro marcou pênalti. Aos oito minutos, Raniel deslocou o goleiro para abrir o placar. Já aos 17, a defesa cruz-maltina deu bobeira e Arilson chutou. Thiago Rodrigues fez boa defesa. O time visitante voltou a incomodar o Tigre aos 24, quando Riquelme cruzou e Andrey não conseguiu dar a melhor direção para o cabeceio. Dois minutos depois, novamente foi o lateral-esquerdo a gerar perigo. O lançamento foi para Raniel, que parou no goleiro Gustavo. Um minuto depois, o cabeceio de Anderson Conceição novamente foi para fora, mas comprovava o bom momento do Vasco.

PRESSÃO MANDANTE
Na reta final da primeira etapa, o Criciúma conseguiu mais chances perigosas. Lucas chutou para fora, aos 35; aos 40, Anderson Conceição afastou mal e, no rebote, Arilson chutou de fora da área. A bola desviou na marcação e Thiago conseguiu pegar. Já aos 42, após cruzamento da direita, Caio Dantas resvalou de cabeça. O goleiro cruz-maltino defendeu novamente.

LÁ E CÁ
O reinício do jogo demorou mais do que deveria na segunda etapa. Leandro Vuaden percebeu que os refletores precisavam ser ligados e somente cinco minutos depois do horário previsto foi que a bola rolou. E quando isso aconteceu, a primeira jogada de perigo foi do Vasco. Palacios lançou Raniel, aos três minutos, o atacante se enrolou com o goleiro, mas o impedimento fora marcado. O Criciúma teve boa oportunidade aos 19 minutos, num chute forte de Arilson que rasou o travessão. O novo perigo gerado pelo Vasco foi ao 26, quando Andrey acertou o pé da trave direita do goleiro Gustavo.

PRESSÃO INEFICAZ
A sequência da partida teve um Vasco cozinhando a partida, fazendo também muita cera e um Criciúma com dificuldades técnicas. Assim, o placar não foi mais alterado. Nos acréscimos, o Tigre pressionou, teve duas chances na mesma jogada, mas não conseguiu vazar Thiago Rodrigues. E o Cruz-Maltino ampliou, desta forma, a vantagem para o quinto colocado.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA 0 X 1 VASCO


Data e hora: 9/7/2022, às 16h30
Local: Heriberto Hulse, Criciúma (SC)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Michael Stanislau (RS)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (FIFA-SP)
Público presente: 19.219 pessoas
Renda: R$ 668.480,00

Cartões Amarelos: Marcelo Hermes (CRI); Thiago Rodrigues, Andrey e Figueiredo (VAS)
Cartões Vermelhos: Não houve.

Gols: Raniel (8'/1ºT 0-1)

CRICIÚMA: Gustavo, Cristovam (Claudinho, Intervalo), Rodrigo, Kadu e Marcelo Hermes (Hélder, 42'/2ºT); Léo Costa (Romulo, Intervalo) e Arison; Lucas Xavier (Lohan, 31'/2ºT), Marquinhos Gabriel e Felipe Mateus (Renan Bressan, 31'/2ºT); Caio Dantas - Técnico: Cláudio Tencati.

VASCO: Thiago Rodrigues, Léo Matos, Quintero, Anderson Conceição e Riquelme (Luiz Henrique, 27'/2ºT); Yuri Lara, Andrey (Zé Gabriel, 41'/2ºT) e Palacios (Matheus Barbosa, 16'/2ºT); Erick, Raniel (Getúlio, 16'/2ºT) e Figueiredo (Zé Santos, 16'/2ºT) - Técnico: Maurício Souza.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos