Vasco pede para CBF que Operário reduza preços dos ingressos para o setor visitante

A torcida do Vasco está lotando São Januário em todos os jogos da Série B (Daniel Ramalho/CRVG)


O Vasco entrou com um requerimento na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), neste sábado, para que o preço dos ingressos da partida contra o Operário-PR seja igualado ao das partidas anteriores. Os valores dos bilhetes são de R$ 75 a meia e R$ 150 a inteira.

Vale destacar que na rodada anterior, o Alvinegro recebeu o Vila Nova e o o preço comercializado foi de R$ 15 a meia e R$ 30 a inteira. Ou seja, os vascaínos estão sendo cobrados cinco vezes mais caro.

Confira a nota divulgada pelo Vasco:
"O Vasco da Gama informa que, neste sábado, 01/10, entrou com um requerimento na CBF para exigir cumprimento do artigo 86, parágrafo 4o do Regulamento Geral de Competições da entidade, para que o preço de ingressos da partida Operário x Vasco da Gama, cobrados no setor visitante sejam imediatamente igualados aos preços praticados rotineiramente nas partidas anteriores.

Os preços fixados pelo Operário para a partida da próxima terça-feira para o setor visitante são de R$ 150,00 inteira e R$ 75,00 meia entrada. Neste mesmo setor, o mandante em questão recebeu o Vila Nova-GO, na rodada anterior, com valores de R$ 30,00 inteira e R$ 15,00 meia entrada.

Pelos preços ora em vigor, os torcedores do Vasco da Gama estão sendo obrigados a pagar 5 (cinco) vezes mais caro que o preço justo, o que contraria as regras da CBF.

O Vasco da Gama espera providências imediatas para que sejam cumpridas as regras da CBF e que sejam respeitados os direitos de seus torcedores".