Vasco joga muito mal, perde para o CSA e mantém momento ruim como visitante na Série B do Brasileiro

Figueiredo foi apenas mais um jogador do Vasco a ter atuação ruim no Vasco contra o CSA (Daniel RAMALHO/CRVG)


Mais um jogo fora de casa. Mais um jogo ruim do Vasco. Este terrível. O Cruz-Maltino teve atuação horrorosa no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). O 2 a 0 manteve o time carioca na quarta posição - poderia ter chegado à segunda - e tirou a equipe alagoana da zona de rebaixamento, mesmo que provisoriamente.

DOMÍNIO MANDANTE
O jogo praticamente começou com o Vasco precisando correr atrás do prejuízo. Não eram nem dois minutos quando Igor cobrou escanteio e Lucão se desmarcou para cabecear sem chance para Thiago Rodrigues. Antes dos 24, o Vasco só havia chegado uma vez, numa cobrança de falta de longe que Figueiredo bateu direto. Marcelo Carné pegou. E quando o minuto 24 chegou, Lucas Barcelos foi lançado, Danilo Boza furou na tentativa de afastar e ficou fácil para o Azulão ampliar: 2 a 0.

NADA DE VASCO
O time visitante sofria demais. Talvez pela ausência de Marlon Gomes, mas a falta de atividade ofensiva foi frequente na primeira etapa. Pelo contrário, após jogada pela direita, Igor cruzou rasteiro e Yann Rolim chutou para boa defesa do goleiro vascaíno aos 41.

MANTIDO
O CSA cozinhava a partida. A inatividade do Vasco no ataque gerava espaços, mas as marcações levavam vantagem. Novas alterações mantiveram o cenário. O time de Emílio Faro pouco fez. A derrota se manteve e assim foi o resultado final.

FICHA TÉCNICA
CSA 2 X 0 VASCO


Data e hora: 18/8/2022, às 20h
Local: Estádio Rei Pelé, em Maceipi (AL)
Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli da Silva (MG)
Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (FIFA-MG)
Público pagante: -
Público presente: -
Renda: -

Cartões Amarelos: Geovane e Elton (CSA); Danilo Boza (VAS)
Cartões Vermelhos: Não houve

Gols: Lucão (1'/1ºT 1-0), Lucas Barcelos (24'/2ºT 2-0)

CSA: Marcelo Carné, Igor Inocêncio, Werley, Lucão e Diego Renan; Geovane (Ferreira, 27'/2ºT), Yann Rolin (Rogério, 15'/2ºT) e Giva Santos; Gabriel (Rickson, Intervalo), Elton (Rodrigo Rodrigues, 27'/2ºT) e Lucas Barcelos (Osvaldo, 34'/2ºT) - Técnico: Roberto Fernandes.

VASCO: Thiago Rodrigues, Matheus Ribeiro, Danilo Boza, Anderson Conceição e Edimar (Paulo Victor, 38'/2ºT); Yuri Lara, Andrey e Nene (Palacios, 38'/2ºT); Figueiredo (Bruno Tubarão, 14'/2ºT), Raniel (Eguinaldo, 14'/2ºT) e Alex Teixeira (Fabio Gomes, 27'/2ºT) - Técnico: Emílio Faro.