Vasco irá jogar em São Januário contra a Chapecoense pela Série B após veto do Consórcio Maracanã

São Januário será palco dos duelos do Vasco com CRB e Chapecoense, quinta e domingo (Rafael Ribeiro/Vasco)


O Vasco recebeu, na tarde desta terça-feira, um ofício do Consórcio Maracanã vetando a realização do duelo contra a Chapecoense no estádio. Com isso, apesar do caso ter sido encaminhado para o setor jurídico do clube, não há mais tempo hábil para viabilizar a mudança do local do jogo.

Dessa forma, a partida será realizada em São Januário, domingo, às 16h, na reestreia de Alex Teixeira com a cruz de malta no peito. A venda antecipada de ingressos terá início amanhã, quarta-feira, às 10h.

+ Confira e simule a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Para a partida, Emílio Faro estará no comando técnico da equipe, de maneira interina, visto que Maurício Souza foi demitido com apenas 42 dias no cargo. O profissional já esteve à frente do time após a saída de Zé Ricardo e obteve bons resultados com triunfos sobre o Náutico e o líder Cruzeiro.

+ Anderson Conceição cita que Vasco 'ligou o alerta' e elogia Emílio Faro: 'Conhece cada peça que está aqui'


O Consórcio Maracanã alega que a condição do gramado é a razão para o veto. Vale lembrar que Flamengo e Fluminense mandaram jogos para Brasília e Volta Redonda recentemente. A paralisação das partidas no Estádio ocorreu a partir do dia 14 de julho.

Confira a nota oficial do Vasco sobre o caso

Pouco antes das 12h desta terça-feira, o Vasco da Gama recebeu do Consórcio Maracanã um ofício com a negativa da disponibilização do estádio para o Vasco enfrentar a Chapecoense no próximo domingo, 16h, na reestreia de Alex Teixeira com a camisa do clube.

É a segunda vez seguida que o estádio, bem público pertencente ao Estado do Rio de Janeiro, é negado ao clube. Da última vez, contra o Sport, o Vasco teve que recorrer à justiça contra o CR Flamengo, permissionário do estádio, após ser impedido de utilizar um equipamento que é público e que deve estar aberto e disponível para todos os grandes clubes do Rio de Janeiro em igualdade de condições. Como expresso da proposta do CR Flamengo ao Governo do Estado, assim como o termo de referência do contrato de uso precário. Esse entendimento foi ratificado por duas instâncias do TJ-RJ.

O caso foi encaminhado para o departamento jurídico do clube que vai avaliar as medidas cabíveis. O Vasco da Gama lamenta que o Consórcio Maracanã venha, mais uma vez, cercear os diretos do clube e de sua torcida, se assenhorando arbitrariamente de um patrimônio público que não lhe pertence.

O Vasco da Gama informa ainda que pelo tempo apertado para se viabilizar a melhor operação do jogo e a melhor experiência para o seu torcedor, decidiu que irá jogar domingo contra a Chapecoense em sua casa, São Januário. A venda antecipada de ingressos terá início amanhã, quarta-feira, às 10h.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos