Vasco e Grêmio lutam muito, mas criam pouco e empatam em São Januário pela Série B

O duelo entre Vasco e Grêmio teve lances duros nesta quinta-feira, em São Januário (Daniel Ramalho / CRVG)


Times de tradição internacional se enfrentando pela Série B do Campeonato Brasileiro. A torcida lotou São Januário, mas viu um jogo de poucas chances tanto para Vasco quanto para Grêmio, nesta quinta-feira, pela 10ª rodada. O resultado foi um 0 a 0 justo, apesar da pressão mandante no final.

+ Veja a tabela da Série B e simule os resultados dos jogos

Com o resultado, o Cruz-Maltino chega a 18 pontos e segue na segunda colocação (mas pode ser ultrapassado até o fim da rodada). Com quatro pontos a menos, o Tricolor não consegue entrar no G4.

O próximo desafio dos comandados de Zé Ricardo é contra o Náutico, fora de casa, nesta terça-feira. No mesmo dia, em Porto Alegre (RS), Diego Souza e companhia vão enfrentar o Novorizontino.

LÁ E CÁ
A primeira chance do jogo foi aos 11 minutos, quando Figueiredo cruzou rasteiro e Nene deu uma rara chapada com o pé direito. O goleiro espalmou para fora. O Grêmio respondeu aos 17, quando Thiago Santos tabelou com Diego Souza e chutou com perigo para assustar Thiago Rodrigues. O relógio marcava 23 minutos de jogo quando Nene achou Edimar. O lateral achou Gabriel Pec entrando na área também pela esquerda, mas a finalização foi para fora.

E O JOGO?
O primeiro tempo, a partir de então, teve mais confusões, entradas duras, ameaças cruzadas e cabeças encostando com cabeças. Clima bélico, parecia Copa Libertadores. Gabriel Teixeira até gerou perigo, aos 25. Nada mais de bola.

POUCO JOGO
Já na segunda etapa, com cinco minutos, o mesmo Gabriel Teixeira fintou Gabriel Dias e quase abriu o placar. O goleiro cruz-maltino defendeu. O Vasco até tinha vantagem pelo jogo aéreo, mas não conseguia ter volume ofensivo. A melhor chance vascaína surgiu aos 33, quando o Grêmio errou na saída de bola e Raniel deu de calcanhar para Pec. A finalização novamente foi para fora.

PRESSÃO VASCAÍNA
O jogo era pobre. E com as marcações prevalecendo quase sempre, as chances foram cada vez mais escassas: aos 40, Palacios chutou muito forte. A bola explodiu em Brenno. Já nos acréscimos, o meia chileno recebeu na área, fez grande jogada, mas a bola parou no travessão.

FICHA TÉCNICA
VASCO 0 X 0 GRÊMIO


Data e hora: 2/6/2022, às 20h
Local: Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (FIFA-SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Evandro de Melo Lima (SP)
VAR: Herman Brumel Vani (SP)
Público pagante: 19.403 pessoas
Público presente: 21.075 pessoas
Renda: R$ 624.424,00

Cartões Amarelos: Gabriel Dias, Quintero, Andrey, Palacios e Figueiredo (VAS); Kannemann, Thiago Santos e Benítez (GRE)
Cartões Vermelhos: Não houve

Gols: Não houve

VASCO: Thiago Rodrigues, Gabriel Dias (Weverton, 22'/2ºT), Quintero, Anderson Conceição e Edimar; Yuri Lara, Andrey (Matheus Barbosa, 26'/2ºT) e Nene (Palacios, 26'/2ºT); Gabriel Pec, Getúlio (Raniel, 22'/2ºT) e Figueiredo (Vinícius, 34'/2ºT) - Técnico: Zé Ricardo.

GRÊMIO: Brenno, Bruno Alves, Geromel e Kannemann; Edilson (Jonathan Varela, 19'/2ºT), Thiago Santos, Bitello (Lucas Silva, 18'/2ºT) e Nicolas (Diogo Barbosa, 18'/2ºT); Benítez (Janderson, Intervalo), Diego Souza (Elkeson, 28'/2ºT) e Gabriel Teixeira - Técnico: Roger Machado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos