Van Gaal convoca seis goleiros para Holanda, pensando em pênaltis

Van Gaal já pensa nas possíveis disputas de pênaltis na Copa do Mundo do Catar.
Van Gaal já pensa nas possíveis disputas de pênaltis na Copa do Mundo do Catar. Foto: (Broer van den Boom/Orange Pictures/BSR Agency/Getty Images)

Já de olho na Copa do Mundo do Catar, que será realizada entre os dias 20 de novembro e 18 de dezembro deste ano, o técnico da Holanda, Louis Van Gaal, convocou seis goleiros para a próxima data-FIFA, focando na análise dos arqueiros para as possíveis disputas de pênaltis.

Ao explicar a decisão tomada em coletiva de imprensa, Van Gaal ressaltou o caráter decisivo que as disputas têm: "Temos de treinar esta situação agora, porque haverá pouco tempo de preparação antes do Mundial. É um detalhe muito importante, muitas vezes os pênaltis são absolutamente decisivos nas grandes competições e temos de prestar atenção a mais nisso".

Leia também:

Para este período de convocações, Van Gaal convocou os seguintes goleiros: Cillessen (NEC), Flekken (Freiburg), Noppert (Heerenveen), Pasveer (Ajax), Scherpen (Vitesse) e Bijlow (Feyenoord). Destes, quatro farão parte da lista final dos 26 nomes que serão levados pelo treinador para que representem a Holanda na Copa do Mundo.

Na edição de 2014, disputada no Brasil, onde Louis Van Gaal também era o treinador da Seleção Holandesa, uma das atitudes de técnicos mais marcantes foi tomada por ele nas quartas de final, contra a Costa Rica. Chegando ao fim do segundo tempo da prorrogação, o comandante virou para o banco de reservas e orientou que Tim Krul iniciasse seu aquecimento. O goleiro entrou no lugar de Cillessen, por ter melhor aproveitamento em disputas de pênaltis, e foi o protagonista da classificação para as semifinais, defendendo duas cobranças seguidas e ajudando a Holanda a vencer por 4 a 3.