Vítor Pereira vê Corinthians em evolução após goleada e exalta 'miúdos'

Vítor Pereira venceu o primeiro clássico comandando o Timão (Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians)


O técnico Vítor Pereira vê o time do Corinthians em processo de evolução. Após a vitória por 4 a 0 sobre o Santos, na última quarta-feira (22), pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o treinador corintiano exaltou a atuação do seu time, mas pregou cautela para a sequência de jogos.

+ Saiba quais os atletas da base que mais integram os profissionais do Corinthians com Vítor Pereira

– Tivemos um período muito difícil. De fato, procuramos sobreviver a tempestade em jogos em que o resultado foi maior que o desempenho. Eu sou um treinador que gosto de bom futebol, não consigo ver um jogo com 15 minutos, porque não me entusiasma. Agora precisamos engatinhar, caminhar, até correr e depois voar, e é o processo. Precisamos de paciência e acredito que estamos a subir o nível – disse Vítor na entrevista coletiva após o jogo.

+ GALERIA - Relembre 10 momentos marcantes de Jô no Timão

Segundo o treinador, essa evolução passa pelo trabalho com os ‘miúdos’, como chama os atletas mais jovens.

Diante do Peixe, dois dos quatro gols saíram dos pés de atletas mais novos: o primeiro, com Gustavo Mantuan, e o terceiro, com Raul Gustavo – os outros dois foram marcados pelo meia Giuliano.

– Se mesclarmos a juventude os mais experientes, conseguimos manter a qualidade. Nesse momento, temos, de fato, jogadores experientes, fundamentais para transmitir a confiança aos garotos, mas também temos os garotos com qualidade que subiram e estão em condições de entregar o que a equipe necessita. Se eu não tivesse dado tempo de jogo, minutagem, eles não teriam crescido – destacou VP.

Mesmo com os mais jovens assumindo o protagonismo, Vítor também exaltou a relação dos atletas mais velhos em agregar experiência à garotada, classificando o ambiente no Corinthians como alho entre família.

– Os mais experientes são pessoas de maturidade muito grande, carreiras com muitos títulos e têm paciência e humildade para dar conselhos, chamar a atenção em determinados aspectos. Vejo muitas conversas entre os mais velhos e mais novos, as vezes particulares, as vezes em grupo, cabe a eles se abraçarem para que crescerem e ajudar nesse processo. Isso nesse clube é um ambiente familiar, estou a falar porque sinto, de fato. Corinthians é uma família, mais velhos, mais novos, diretoria – exaltou o treinador corintiano.

A volta entre Corinthians e Santos, pela Copa do Brasil, acontece no dia 13 de julho, na Vila Belmiro. Antes, os clubes alvinegros voltam a se enfrentar neste sábado (27), às 19h, pelo Campeonato Brasileiro, novamente na Neo Química Arena.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos