Vítor Pereira e comissão atingirão marca pelo Corinthians que não ocorre desde 2019

Vítor Pereira durante seu primeiro treino no Corinthians (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)


No jogo desta quinta-feira (15) contra o Fluminense, pela semifinal da Copa do Brasil, Vítor Pereira completará um importante marco no Corinthians. Ele e sua comissão técnica chegarão aos 50 jogos no comando do Timão

+ Balbuena assume o quarto lugar! Veja os defensores do Corinthians com mais gols na Arena

A marca ganha um peso ainda maior tendo em vista o histórico recente dos últimos comandantes do clube alvinegro. Sylvinho, Vagner Mancini e Tiago Nunes, os três últimos treinadores antes do português, não conseguiram completar 50 partidas sob o comando do Time do Povo.

O último a conseguir o feito foi Fábio Carille, durante sua segunda passagem pelo Corinthians. Em 2019, Carille fez 69 jogos antes de ser demitido após perder por 4 a 1 contra o Flamengo, no Brasileirão. Ele somou 27 vitórias, 24 empates e 18 derrotas.

+ Confira a tabela da Copa do Brasil e simule os últimos jogos

Até o momento, Vítor Pereira e sua comissão técnica já conquistaram 20 vitórias, 15 empates e 14 derrotas. Na Neo Química Arena, o português e sua comissão somam 14 vitórias, sete empates e duas derrotas, com 71% de aproveitamento.

Contudo, este não será o quinquagésimo jogo no qual Vítor Pereira assinará a súmula. O técnico lusitano não ficou à beira do gramado contra Boca Juniors e Always Ready, pela fase de grupos da Libertadores, e Ceará e Coritiba, pelo Brasileirão. Contra a equipe argentina, ele ficou indisponível pois havia testado positivo para Covid-19. Nos outros três confrontos, estava suspenso.

Nessas quatro ocasiões, quem assinou a súmula, esteve à beira do gramado e concedeu entrevistas coletivas pós-jogo foi Filipe Almeida, um dos assistentes técnicos do português Mesmo assim, Vítor Pereira teve participação direta na preparação da equipe, treinos e na escalação nos quatro jogos.

Além de completarem 50 jogos, Vítor Pereira e sua comissão técnica podem recolocar o Corinthians em uma final desde 2020, quando o clube foi vice-campeão paulista.

Não obstante, Vítor Pereira, com futuro incerto no Corinthians para a próxima temporada, pode repetir o feito de Jorge Jesus e Abel Ferreira, e chegar a uma decisão em seu primeiro ano no futebol brasileiro.