Uefa adota tecnologia que será usada na Copa do Mundo na Champions League

Uefa adotará marcação de impedimento semiautomático na Champions League (Divulgação)


A Uefa irá adotar a marcação do impedimento semiautomático a partir da fase de grupos da Champions League 2022/2023. A tecnologia que será usada na Copa do Mundo do Qatar já passou por testes, como no último Mundial de Clubes.

No entanto, antes do novo método ser implementado pela entidade na Liga dos Campeões, a ferramenta será utilizada na disputa da Supercopa Europeia. O duelo entre Real Madrid e Frankfurt marcará a estreia do impedimento semiautomático em jogos entra clubes do Velho Continente.

- A Uefa está constantemente à procura de novas soluções tecnológicas para melhorar o jogo e ajudar no trabalho da arbitragem. O sistema inovador irá permitir que a equipe do VAR determine situações de impedimento com mais rapidez e precisão - declarou Roberto Rosetti, chefe de arbitragem da Uefa.

A Fifa já realizou alguns testes com a tecnologia do impedimento semiautomático no último Mundial de Clubes, como também na Copa Árabe. Após sucessos nos eventos, a entidade aprovou o uso para a Copa do Mundo 2022.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos