Tubarão aparece em JBay um dia antes de etapa do mundial

Italo Ferreira, que estava na água se preparando para a penúltima etapa do Mundial de Surfe, em JBay, viu o animal.
Italo Ferreira, que estava na água se preparando para a penúltima etapa do Mundial de Surfe, em JBay, viu o animal. Foto: (Beatriz Ryder/World Surf League via Getty Images)

Prestes a começar a penúltima etapa da temporada regular do Circuito Mundial de Surfe, uma surpresa nem um pouco agradável apareceu nas água de Jeffrey's Bay, também chamado de JBay, abreviação do nome da baía localizada na África do Sul, um dia antes do evento ter o seu início oficial.

Um tubarão branco apareceu depois do outside, posição onde os surfistas ficam para pegarem as ondas que quebram na arrebentação, e fez com que atletas locais deixassem o mar, enquanto alguns outros estrangeiros, como o brasileiro Italo Ferreira, medalhista de ouro dos Jogos Olímpicos de Tóquio e campeão mundial em 2019, ficaram no mar.

Leia também:

Em uma sequência de publicações no modo stories de seu perfil oficial no Instagram, Italo e Jack Bafo, profissional que faz parte de seu staff, contaram como viveram a situação, sem saber que o temido animal dos mares estava presente durante a sessão de surfe.

O terceiro colocado no ranking da WSL começou a conversa pedindo para que Bafo desse a sua versão: "Ei, o que é que rolou ontem? Ontem a gente estava surfando e os caras começaram a sair, não é, Bafo (staff de Italo)?". Bafo, então, contou: "Eu falei, homem, eu vi uma movimentação estranha ali, jet ski, drone, aí o cara do jet ski falou com o Jordy Smith e o Jordy saiu rápido e eu fiquei sem entender nada, tá aí o resultado do que era. E eu falei, eu falei pra tu". Italo respondeu que: "E eu ainda falei, não é nada não, Bafo, vamos continuar surfando, pô, tá tudo certo. Os caras só estão analisando o pico. Aí, quando a gente chegou em casa (viu a notícia)". Momentos após a chegada dos dois em casa, em contato com outro membro do staff, Buxexa, uma brincadeira foi feita com Bafo: "Quando tiver tubarão, no mar, não pode se bater, homem, deixa o tubarão comer você. Você pode morrer, ele (Italo) não. É um bocado de boca que fica sem comer".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos