Tsurenko é mais uma deslocada pela guerra e não tem onde ir

WTA


A ucraniana Lesia Tsurenko, 97ª da WTA, venceu a russa Kamilla Rakhimova, 107ª, nas oitavas de final do WTA de Budapeste, na Hungria, e além de se garantir nas quartas de final do torneio, registrou a partida mais longa do ano, com 3h54.

Tsurenko lutou muito para aplicar a virada em 6/7 (1) 6/4 7/5 tendo cometido quatro duplas-faltas a cinco e vencido 44% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 55% de aproveitamento da russa, que converteu o único ace da partida.

A partida é 17 minutos mais longa que o duelo entre a britânica Emma Raducanu e a australiana Daria Saville, válida pela estreia do WTA de Guadalajara (México) em fevereiro.

Na sequência do torneio húngaro, Tsurenko aguarda pela vencedora do duelo entre a brasileira Laura Pigossi e a cazaque Yulia Putintseva.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos