Transação entre Vasco e 777 Partners é concluída, e empresa transfere à SAF aporte de R$ 120 milhões

777 Partners é a dona de 70% da SAF do Vasco (Foto: Daniel Ramalho/Vasco)


Momento histórico! A venda de 70% dos ativos do Vasco à 777 Partners foi concluída nesta sexta-feira. Com isso, a empresa norte-americana assume o controle do futebol cruz-maltino. Cabe destacar que Josh Wander "fez o PIX" e o primeiro aporte acordado, de R$ 120 milhões, já está na conta da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) vascaína.

A 777 tem o controle de 70% das ações da Vasco da Gama SAF, enquanto o clube 30%. A partir de agora, a empresa norte-americana terá que investir R$ 700 milhões na SAF. Deste montante, R$ 70 milhões foram investidos em março, totalizando R$ 190 milhões em investimentos.

Confira a nota oficial divulgada pelo Vasco:
"Um dia histórico para o Vasco da Gama. Neste dia 2 de setembro de 2022, o Club de Regatas Vasco da Gama e a 777 Partners finalizaram a transição da Vasco da Gama SAF, com a assinatura do contrato final da venda de 70% das ações da companhia para a 777 Partners, e a transferência da primeira parcela dos recursos. Com isso, hoje o grupo norte-americano efetivamente assumiu o controle societário da Vasco da Gama SAF, após cumprimento das condições estabelecidas no acordo de investimento vinculante celebrado entre as partes no dia 25 de junho de 2022, que foi aprovado sócios do CRVG reunidos em Assembleia Geral no dia 7 de agosto.

De acordo a transação, a 777 Partners investirá R$700 milhões na Vasco da Gama SAF, que assumirá até R$ 700 milhões em dívidas do CRVG.

As negociações começaram em fevereiro deste ano, com a assinatura do memorando de entendimento entre o presidente do CRVG Jorge Salgado e o sócio fundador da 777 Partners Josh Wander, e foram apreciadas pelos Conselho Deliberativo, de Beneméritos e Fiscal do clube, além de duas Assembleias Gerais Extraordinárias, tendo ampla aprovação dos sócios estatutários do clube, e foram concluídas com êxito.

Participaram da reunião de fechamento do negócio, pelo CRVG, o presidente Jorge Salgado, os vice-presidentes gerais Carlos Roberto Osório e Roberto Duque Estrada, o vice-presidente jurídico José Cândido Bulhões e o vice-presidente de finanças Adriano Mendes. Pela 777 Partners estiveram Don Dransfield, CEO do 777 Football Group, Nicolás Maya, gerente de operações, e Luiz Mello, CEO do Vasco da Gama SAF. O Vasco da Gama foi representado na operação pela KPMG e BMA Advogados e a 777 Partners pelo Campos Mello Advogados.

As negociações começaram em fevereiro deste ano, com a assinatura do memorando de entendimento entre o presidente do CRVG Jorge Salgado e o sócio fundador da 777 Partners Josh Wander, e foram apreciadas pelos Conselho Deliberativo, de Beneméritos e Fiscal do clube, além de duas Assembleias Gerais Extraordinárias, tendo ampla aprovação dos sócios estatutários do clube, e foram concluídas com êxito.

Participaram da reunião de fechamento do negócio, pelo CRVG, o presidente Jorge Salgado, os vice-presidentes gerais Carlos Roberto Osório e Roberto Duque Estrada, o vice-presidente jurídico José Cândido Bulhões e o vice-presidente de finanças Adriano Mendes. Pela 777 Partners estiveram Don Dransfield, CEO do 777 Football Group, Nicolás Maya, gerente de operações, e Luiz Mello, CEO do Vasco da Gama SAF. O Vasco da Gama foi representado na operação pela KPMG e BMA Advogados e a 777 Partners pelo Campos Mello Advogados".