Torcida Organizada do Atlético-MG perde a paciência e fará novas cobranças ao elenco

Situação ruim em campo, fez torcedor perder a paciência com elenco campeão brasileiro no ano passado; última manifestação foi no dia 24 de agosto - (Foto: Reprodução/Redes Sociais)


Que o Atlético-MG faz uma temporada decepcionante, todos já sabem. Campeão brasileiro e da Copa do Brasil no ano passado, nesta temporada, o time alvinegro foi eliminado precocemente nas competições eliminatórias, e ocupa apenas a sétima colocação no Brasileirão.

A fase ruim, agora, também é motivo de cobrança da torcida. Após um protesto pacífico no dia 24 de agosto, a Galoucura, principal Torcida Organizada do Atlético-MG, fará novas cobranças. Em suas redes sociais, a organização anunciou o "Disk Balada", canal para denúncia de jogadores que estiverem em festas públicas.

Anteriormente, a Galoucura já havia feito cobranças direcionadas a alguns jogadores, como é o caso de Eduardo Vargas. Com o desempenho abaixo da crítica, o chileno foi alvo de protestos e ameaças dos torcedores. Vale lembrar que Vargas ficou de fora dos relacionados em três partidas, após a eliminação alvinegra na Libertadores.

Em busca da classificação à próxima edição da Copa Libertadores, o Atlético-MG só volta a campo na próxima quarta-feira, quando enfrenta o Palmeiras, no Mineirão, pelo Brasileirão.