Torcedor do Flamengo tem prisão preventiva decretada pela Justiça após assédio a repórter no Maracanã

Torcedor chegou a ser preso mas foi solto pouco mais de 24 horas depois (Foto: Reprodução/ ESPN)


Marcelo Benevides Silva, torcedor que assediou a repórter Jéssica Dias, da ESPN, enquanto ela trabalhava na cobertura do jogo entre Flamengo e Vélez Sarsfield, teve a prisão preventiva decretada. Ele foi autuado por importunação sexual, crime desde 2018, cuja prisão, caso seja em flagrante, é inafiançável.

+ Quem leva a Libertadores 2022? Lembre finais continentais entre times brasileiros

A decisão foi tomada após audiência de custódia no Juizado Especial Criminal, no estádio. Marcelo Benevides Silva foi encaminhado para a 19ª DP, na Tijuca. A decisão foi do juiz Antônio Aurélio, do Juizado Especial do Torcedor e dos Grandes Eventos.

Ainda hoje, o torcedor será conduzido para uma audiência da Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP). Se mantida a decisão, Marcelo será transferido para um presídio.

ENTENDA O CASO

Jéssica Dias estava do lado de fora do Maracanã e entrava ao vivo para falar do clima do jogo quando um torcedor se aproximou e, sem autorização, deu um beijo no rosto dela. O homem que praticou o assédio foi detido pelos policiais.

+ ESPN repudia assédio no Maracanã e repórter presta queixa na polícia

A ESPN se manifestou acerca do assédio sofrido pela repórter.

- Nossa repórter Jéssica Dias foi hoje vítima de assédio na porta do Maracanã, onde trabalhava na cobertura de Flamengo x Velez. Atitudes como essa não cabem hoje no nosso planeta, seja em um jogo de futebol ou na casa de qualquer mulher - iniciou o comunicado da ESPN.

- Nossa equipe que acompanhava a Jéssica conseguiu segurar o agressor e pediu à polícia que o encaminhasse para a delegacia do Maracanã. Jéssica, como toda mulher deve fazer, registrou boletim de ocorrência. A ESPN e a Disney repudiam qualquer tipo de agressão contra as mulheres. A empresa vai dar todo apoio a nossa repórter e esperamos que o agressor seja punido com todo o rigor que a lei permite - encerrou a nota.