Tomjlanovic critica imprensa por ignorar campanha histórica em Wimbledon

AELTC


A australiana Ajla Tomjlanovic, 44ª da WTA, acabou derrotada de virada nas quartas de final de Wimbledon pela cazaque Elena Rybakina, 23ª, mas frustrou-se muito com o tratamento recebido pela imprensa, em especial do seu país, após uma campanha histórica.

Disputando as quartas de final de um torneio do Grand Slam pela primeira vez na carreira, Tomjlanovic fez um desabafo nas redes sociais logo após a coletiva de imprensa que concedeu em Londres.

Nela, a primeira pergunta feita a número 1 da Austrália, não era nem sobre a derrota apertada para Rybakina e nem sobre sua campanha, o foco do jornalista australiano estava em ouví-la a respeito de Nick Kyrgios, ex-namorado da tenista, que enfrenta na justiça australiana uma acusação de violência doméstica por parte de uma outra ex-namorada, Chiara Passari.

"Muito decepcionante que, depois de quase 2 horas jogando minhas quartas de final, essa foi a primeira pergunta que o jornalista escolheu para me fazer, e nunca procedeu a perguntar nada relacionado ao jogo. Fico feliz em ver manchetes principalmente sobre isso agora. Façam melhor", escreveu a tenista ao compartilhar a notícia feita pelo jornal australiano Herald Sun totalmente focada na resposta sobre o tema.

Na própria coletiva de imprensa a australiana tentou com educação desviar do tema: "Eu não estou ciente sobre o que foi dito sobre sua relação anterior ou as acusações. Não sei nada disso".
Então o jornalista explicou que Kyrgios está sendo acusado de 'suposta' agressão a uma ex-namorada na justiça de Camberra e então a tenista afirmou: "Faz um tempo que nossa relação acabou. Obviamente, eu sempre mantive minha relação privada. Gostaria de manter assim. Eu esou totalmente contra violência doméstica e espero que isso se resolva", iniciou.
"Mas, quero dizer que eu não vivi esse tipo de coisa com ele", finalizou.

Vale ressaltar que apesar de não tornarem público o rompimento, Tomjlanovic e Kyrgios não estão juntos há 4 anos. Neste tempo, o tenista teve um namoro com a também tenista Anna Kalysnkaya, da Rússia, e rompeu cerca de 5 meses depois do início justamente para namorar Chiara Passari, que já o havia acusado de violência doméstica e psicológica em 2021 - caso investigado e arquivado pela polícia australiana. Tomjlanovic seguiu seu caminho e namora há quase 3 anos o italiano Matteo Berrettini.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos