Tom Brady fala sobre família e volta à NFL em meio a brigas com Gisele Bundchen

Casamento de Gisele e Tom está em risco, segundo a imprensa dos Estados Unidos (Crédito/Instagram)


Astro da NFL, Tom Brady falou sobre a vida dividida entre o esporte e a vida pessoal em meio a uma briga familiar com Gisele Bundchen que, segundo a imprensa dos Estados Unidos, não gostou nada de ver o marido desistir da aposentadoria aos 45 anos.

+ Convocação da Seleção Brasileira é nesta sexta! Veja quem pode aparecer na lista de Tite

O atleta entra em campo pelo Tampa Bay Buccaneers no próximo domingo, contra o Dallas Cowboys.

- Quando eu tinha 25 anos, tudo o que eu fazia era pensar em futebol. Essa era a minha vida. Era comer, dormir, beber futebol. Era minha profissão, minha carreira - iniciou ele, no seu próprio podcast chamado “Let’s Go!".

- Com o tempo, outras prioridades de desenvolvem, porque você muda, evolui ao longo da vida e cresce de maneiras diferentes. Então, você assume responsabilidades diferentes, de família, de compromisso e assim por diante. Você dedica tempo e energia a essas coisas - afirmou.

Tom Brady destacou ainda que o momento é de pensar na atual temporada da NFL. Recentemente, Gisele teria ficado irritada ao ver o marido continuar a carreira mesmo sendo o maior campeão da história do esporte.

- Eu tenho muitas coisas que são atividades e objetos fora de campo realmente importantes. Então, todos nós temos coisas diferentes acontecendo, e acho que quando a temporada de futebol chegar eu realmente preciso me concentrar para que possamos maximizar o nosso potencial como equipe - disse.

RISCO DE DIVÓRCIO
De acordo com uma fonte do 'Page Six', a discussão foi acima do tom, e o casal está correndo um sério risco de divórcio. O jogador estaria muito abalado.

- Ele está muito triste no momento. Os amigos sabem que desta vez eles tiveram um sério desentendimento - relatou a fonte.

Ainda segundo as informações do site, a modelo e o jogador tinham entrado em um consenso quando ele decidiu se aposentar: de que ele teria mais para a família. No entanto, um mês após se aposentar, Tom Brady voltou atrás da decisão e não cumpriu com o combinado com a mulher.