Titularidade, sequência e assistências: Veron assume papel importante no Palmeiras

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Autor de duas assistências na goleada do Palmeiras sobre o Atlético Goianiense, Gabriel Veron voltou a ganhar espaço na equipe de Abel Ferreira após se recuperar de lesão e vem assumindo um papel importante no elenco titular.

GALERIA

> ATUAÇÕES: Gómez é zagueiro-artilheiro em nova goleada do Verdão

TABELA

> Clique e confira a tabela completa do Brasileirão 2022!

Por conta de uma lesão sofrida por Raphael Veiga e da nova função de Gustavo Scarpa no plantel, atuando mais como armador, o garoto de 19 anos foi titular nos últimos três jogos e apresentou boas atuações.

Até o momento na temporada foram 28 partidas disputadas, um gol marcado e 19 passes para gol. O processo de recuperação de espaço no concorrido ataque alviverde passou, desde a parte física, até a parte psicológica do atleta, o que foi fundamental para um retorno positivo.

- São momentos muito difíceis, demorar um mês, depois volta e demora mais dois meses para voltar, é algo complicado para mim. O que eu mais tive que trabalhar foi o músculo que estava machucado e a minha cabeça para não ficar pensando sempre em lesões, porque no momento que você machuca, quando você volta, acaba pensando "será que eu vou machucar nesse momento?", então eu tinha que tirar isso da cabeça. Foi dando certo, foi dando certo, tive uma sequência, depois outra lesão, mas eu consegui voltar bem e agora é continuar trabalhando para não acontecer de novo - desabafou o jogador.

Promovido ao time principal do Verdão em 2019, a ‘Cria da Academia’ está caminhando para ter a maior sequência de participações em campo desde que subiu das categorias de base. Em 2020 e 2021, foram apenas 39 aparições do garoto, número que deve ser batido ainda este ano.

O Palmeiras de Abel Ferreira é conhecido por lapidar os jovens formados no clube e valorizá-los ainda mais, não somente no sentido financeiro. Assim, a boa fase de Gabriel Veron faz com que a diretoria e comissão técnica contem com uma opção ‘fresca’ no setor ofensivo, além de elevar o patamar do clube.

- É verdade que o Veron, que é um jogador talentoso, tem muito futebol, ainda é um moleque, que tem que aprender que o futebol é coisa séria. É difícil dizer para eles não verem ‘TikTok’, sair do celular, porque faz parte dessa nova geração. Eu tento falar para eles serem mais sérios, focados, se dedicarem mais aos treinos, que vão tirar resultado disso. É normal, com o tempo passando, a maturidade crescendo, a maturidade competitiva, como homem. Ele está a crescer com a equipe. É uma peça importante dentro de um conjunto de 24, junto com os moleques da base que nos tem ajudado muito - comentou Abel Ferreira sobre a evolução do garoto.

Com a indefinição sobre a renovação do contrato de Gustavo Scarpa, utilizado pelo português como ponta pelo lado esquerdo, o camisa 27 começa a ser peça fundamental no esquema do treinador e abre a possibilidade para que Rony e os atacantes recém chegados, Merentiel e Flaco López, possam atuar como referências ofensivas.

Gabriel Veron atacante é o mais jovem a marcar pelo Verdão na Libertadores, Copa do Brasil e Brasileirão. Ao todo, são 90 jogos e 13 gols como profissional, sendo bicampeão paulista (2020 e 2022), bicampeão da Libertadores (2021 e 2022), além dos títulos da Copa do Brasil (2020) e da Recopa (2022).

Gabriel Veron - Palmeiras x Atlético-GO
Gabriel Veron - Palmeiras x Atlético-GO

Veron deu duas assistências contra o Atlético-GO no Brasileirão (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos