Tite prega equilíbrio na Seleção Brasileira e exalta Neymar: 'Jogando para c...'

Tite e Neymar durante treino da Seleção Brasileira (Foto: CARL DE SOUZA / AFP)


A Seleção Brasileira se prepara para os últimos amistosos antes da Copa do Mundo do Qatar. Nome com maior expectativa na delegação brasileira, Neymar foi muito elogiado pelo técnico Tite em entrevista coletiva nesta quarta-feira, em Le Havre, na França, palco do jogo com Gana na sexta. Com 11 gols e oito assistências até o momento no Paris Saint-Germain, o treinador exaltou o atleta.

- Parabéns, Neymar, Ricardo Rosa (preparador físico da seleção e do PSG), PSG, Fábio Mahseredjian (preparador físico da seleção). Nessa escala de importância, depois chega a nós, porque é fruto de toda essa sequência para ele ter o desempenho técnico de atletas extraordinários e excepcionais, e de quanto tu rapidamente pensa e executa. Rapidez de pensamento e execução têm que estar em sintonia. E ele está. Ele está jogando para caralho (risos). Está jogando muito - afirmou Tite antes de avaliar o momento atual de Neymar:

- É muito difícil fazer comparações com etapas. Eu tenho muito cuidado de analisar a Seleção de 2018 com a de 2022. Cada característica, momento e circunstancia tem diferenças. Eu posso falar do momento. O ofensivo, tendo bastante opções, tornou a equipe mais leve, arrojada, agressiva, mais cara de audácia, drible e fintas com respeito ao adversário. É o jeito da seleção, todos essas jogadores são assim. E estão equilibrando com o Ney nessas características. O Vini tem, o Antony, o Raphinha, Rodrygo.

+ Veja a tabela da Copa do Mundo 2022

​A Seleção entra em campo na sexta-feira às 15h30 (de Brasília), e Tite já indicou o time que deve mandar a campo. Com Neymar mais "camisa 10", o treinador terá o quinteto ofensivo com o jogador ao lado de Lucas Paquetá, Raphinha, Vini Jr e Richarlison. O técnico indicou o que pretende ver nessa próxima partida.

- Equilíbrio. Equilíbrio. Equilíbrio. Toda vez que se foge desse patamar a gente corre risco. Por quê? O Paquetá é um segundo meio-campista que te traz um senso de criatividade, mas ao mesmo tempo ele te traz um lateral-direito que te dá um equilíbrio defensivo. Ela é criação e gol os nossos objetivo, mas ter ao mesmo tempo consistência. Nesse equilíbrio está mais próxima uma equipe de vencer - explicou.

+ Brasileiros ocupam o topo: veja ranking dos melhores times da América do Sul

Outra mudança que também vai acontecer é na lateral direita. O jogador do Real Madrid (ESP) já tinha atuado na posição no segundo tempo do amistoso contra o Japão, em junho. Vale lembrar que Danilo, da Juventus (ITA) foi o único jogador do setor convocado para as partidas. Na esquerda, Alex Telles deve ser o titular. Alex Sandro foi cortado por lesão.

- O lateral, o Militão, jogou e tem DNA de lateral. E vou pegar as palavras do Ricardo Rocha: nós temos um lateral que joga muito. Fui falar com o Miltão e ele falou: foi ali que me destaquei. Versatilidade é importante e ele tem. O campo fala, o campo fala (se pode ser convocado como lateral e não zagueiro) - comentou.