Tite comenta fala de Abel Ferreira sobre os efeitos da ida de Danilo à Seleção Brasileira

Tite comentou a opinião de Abel Ferreira sobre Danilo na Seleção Brasileira (Foto: Montagem/CBF/Palmeiras)


No último domingo, uma fala de Abel Ferreira, após a vitória do Palmeiras sobre o Santos, chamou a atenção quando ele analisou o momento de Danilo, que havia sido expulso pela segunda vez em pouco mais de um mês. Para o técnico do Verdão, essa má fase começou após a ida para a Seleção Brasileira. E, nesta quarta-feira, Tite respondeu ao colega em entrevista coletiva na França.

GALERIA
> Veja a validade do contrato dos jogadores do elenco do Palmeiras

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

Ainda em maio, o treinador do Brasil chamou o volante palmeirense para os amistosos diante do Japão e da Coreia do Sul, que aconteceram no início de junho. No entanto, o jovem acabou não tendo a oportunidade de entrar em campo. Segundo relatos da época, a Cria da Academia ficou mais tímida e não "se mostrou" durante os treinamentos e os dias de convivência no selecionado.

De lá para cá, conforme mostrou o LANCE! na última terça-feira, Danilo teve uma queda de desempenho e nas estatísticas, tendo sido expulso por duas vezes no período: uma nas quartas de final da Libertadores, e outra no clássico contra o Santos no último domingo. Ambas as expulsões foram pelo vermelho direto. Essa somatória de fatos fez com que Abel desse sua opinião sobre essa má fase.

- Acho que ao Danilo fez muito mal ter ido para a Seleção. Eu lembro de na altura ter uma conversa internamente com o clube e expressei minha opinião sobre a ida dele, mas não sou eu que mando. Está passando uma fase menos boa, mas já nos ajudou muito - afirmou o técnico português logo depois do duelo com o Peixe.

Nesta quarta-feira, foi a vez de Tite, treinador da Seleção Brasileira, comentar a opinião de Abel Ferreira. No entanto, ele preferiu não estender o assunto e pareceu até compreender o que o comandante palmeirense quis dizer, ao pedir que se atentem ao contexto em que a fala foi colocada. Além disso, Tite elogiou o trabalho de seu colega.

- Essa manifestação é em cima de um contexto todo e eu conheço o Abel. Ele é sempre aberto, receptivo a nós, fazendo um trabalho extraordinário. Essa frase tem que ser olhada em cima de um contexto e de uma situação toda do que ele quis dizer. Eu imagino, mas não me permito fazer essas situações. Me permito, talvez, uma observação que o Gabriel Menino fez no Palmeiras logo depois que voltou e disse "pô, depois que fui para a Seleção as coisas ficaram diferentes para mim, eu jovem, agora estou retomando o padrão normal". Ele deu uma entrevista assim. Temos que analisar o contexto do Abel que é um profissional extraordinário e entender como foi colocado - declarou o técnico da Seleção Brasileira.

A resposta de Tite foi dada em entrevista coletiva na França, onde o Brasil se prepara para dois amistosos da Data Fifa: contra Gana (em Le Havre), nesta sexta-feira, e contra a Tunísia (em Paris), na próxima terça-feira. Serão os últimos compromissos da Amarelinha antes da convocação final para a Copa do Mundo, no dia 7 de novembro.