Tite afirma não ter lista fechada e é contra amistosos às vésperas da Copa do Mundo

Tite vai deixar a Seleção Brasileira depois da Copa do Mundo do Qatar (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)


Tite, comandante da Seleção Brasileira, afirmou que ainda não tem uma lista fechada de jogadores que irá convocar para a Copa do Mundo. Em coletiva de imprensa na véspera do duelo contra o Japão, o treinador confirmou o nome de outros atletas que seguem no radar.

- A gente não esqueceu o Arthur, não esquecemos o Renan Lodi, não esquecemos o Gerson. Tem cinco meses até a Copa. A gente não esqueceu o Firmino, o Douglas Luiz, a gente não esqueceu o Emerson, o Rodrigo Caio, o Lucas Veríssimo. Temos de estar ligados nesses 45, 50 jogadores.

Ainda sem uma lista fechada, Tite já começa a pensar nos preparativos para o Mundial do Qatar e descartou a realização de amistosos dias antes do início do torneio.

- Eu disse: "Cinco dias antes da Copa vamos fazer um amistoso". Eles (Juninho Paulista, Cesar Sampaio e Taffarel) me olharam e foram indo para trás. O risco de lesão supera o benefício técnico e tático quando é muito próximo. Se é para ser, tem que ser nove ou dez dias antes, por exemplo, como o jogo que o Peru vai fazer. Muito próximo, a cabeça não funciona, e quando não funciona, o corpo não funciona.

Após o duelo contra o Japão, a Seleção Brasileira deve marcar um amistoso para a data Fifa de setembro e deve encarar a Argentina em jogo válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos