Tiquinho é oásis em derrota do Botafogo e dá trabalho para Gustavo Gómez


Tiquinho Soares 'passou' no primeiro teste contra uma equipe do G12 do futebol brasileiro. Apesar da atuação irregular do Botafogo na derrota para o Palmeiras em jogo válido pela 29ª rodada do Brasileirão, no Estádio Nilton Santos, o camisa 9 mostrou serviço.

+ VÍDEO: Luís Castro explica ausência de Patrick de Paula no Botafogo: 'A semana de trabalho é sagrada'

Ele foi a principal fonte do sistema ofensivo do Glorioso e não ofereceu vida fácil para Gustavo Gómez. Diante de um dos melhores zagueiros do Brasileirão, o atacante do Glorioso, inclusive, levou a melhor parte das disputas.

O camisa 9 ganhou três duelos aéreos de cinco tentados e quatro duelos no chão de quatro, enquanto o defensor venceu duas disputas aéreas em cinco tentativas e uma no chão de quatro totais. Os dados são do "SofaScore".

O aproveitamento de Tiquinho foi maior em relação ao de Gómez. A vantagem foi mais intensa no primeiro tempo, quando o Botafogo teve uma melhor atuação - o paraguaio fez três faltas no ataque depois de perder disputas no corpo para evitar que o atleta prosseguisse com as jogadas.

+ Luís Castro reconhece superioridade do Palmeiras, mas ressalta postura do Botafogo: 'Não fomos covardes'

Na etapa complementar, o Glorioso caiu de produção e Soares, consequentemente, também perdeu a intensidade dos 45 minutos iniciais. De qualquer forma, o primeiro tempo já foi suficiente para uma amostragem para 'passar' no teste - o golaço de fora da área, por exemplo, já exemplifica.

Foi a primeira derrota de Tiquinho Soares desde que o atacante estreou pelo Glorioso, mas o jogador continua de forma regular no que diz respeito às boas atuações na equipe comandada por Luís Castro. O teste, dessa vez, teve um sarrafo mais alto e ele correspondeu à altura do teste.