Time da NFL libera astro de cláusula de contrato que limitava seu tempo com games

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
O quarterback tem 24 anos  (Arizona Cardinals)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O Arizona Cardinals voltou atrás e retirou um item, bem diferente, do contrato de renovação do quarterback Kyler Murray. A cláusula que o obrigava a se preparar para as partidas e o proibia de ter distrações como games, foi excluída. Na última semana, Murray firmou novo acordo com o Cardinals por cinco anos em um valor US$ 230,5 milhões (cerca R$ 1,2 bilhão).

+ Ex-Santos acerta com time turco, Braian Romero fecha com equipe brasileira… O Dia do Mercado!

Tido como um dos principais nomes do futebol americano, o quarterback também é criador de conteúdo da FaZe Clan. Tendo mais de 86 mil seguidores em seu canal da Twitch, onde faz streams frequentemente.

Em nota, o Arizona Cardinals confirmou que tomou a decisão pois a cláusula foi interpretada de maneiras inesperadas pelo time.

- Depois de vermos a distração que foi criada, removemos o adendo do contrato. Ele claramente foi interpretado de maneiras que nunca tivemos a intenção. Nossa confiança em Kyler Murray está tão alta quanto sempre foi, e nada demonstra mais a nossa crença em sua habilidade de liderar o time do que o comprometimento refletido em seu contrato - informa a franquia.

+ Galo FA acerta o retorno de Duzão, jogador brasileiro que defendeu o Miami Dolphins da NFL

Um episódio curioso da relação de Murray com os games aconteceu durante uma vitória do Cardinals sobre o Buffalo Bills, em 2020. O jogador decidiu a partida no último segundo e não ficou para comemorar com os companheiros de equipe. Ele voltou para casa para jogar Call of Duty para seu público online.

Segundo informações da ESPN norte-americana, o novo contrato vale US$ 230,5 milhões, tendo US$ 160 milhões garantidos. O salário anual de US$ 46,1 milhões de Murray ficará em segundo lugar entre os quarterbacks, atrás de Aaron Rodgers, do Green Bay Packers.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos