Time Brasil terá oito medalhistas olímpicos e 21 em campeonatos mundiais nos Jogos Sul-americanos

Isaquias Queiroz é uma das promessas de medalha nos jogos de Assunção 2022 (Foto: Fábio Canhete/CBCa)


Os Jogos Sul-americanos Assunção 2022 começam no dia 1º de outubro, e o Time Brasil já está formado. Ainda é possível fazer alterações por questões médicas, mas uma análise dos 464 atletas na atual lista permite afirmar que a delegação organizada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), junto com as Confederações Olímpicas de cada modalidade, está muito forte. Serão nada menos que oito medalhistas em Jogos Olímpicos e 21 em Campeonatos Mundiais.

+ Quem ganharia um All Star Game entre Rio e São Paulo?

Dentre os oito medalhistas olímpicos, Felipe Wu (tiro esportivo), Bárbara Seixas (vôlei de praia), Arthur Nory e Arthur Zanetti (ginástica artística) e Erlon Souza (canoagem velocidade), estiveram no pódio na Rio 2016. Ana Marcela Cunha (águas abertas) e Abner Teixeira (boxe), conquistaram suas láureas em Tóquio 2020. Isaquias Queiroz (canoagem velocidade) é o único a conquistar medalha nas duas últimas edições.

- Daqui uns dias estarei em Assunção. Vai ser muito bom competir com os atletas sul-americanos e ajudar a estimular o nosso esporte. Sei que teremos muitos atletas que serão destaque no futuro assim como eu sou. Então, acho legal participar e transformar a nossa competição em uma boa festa na água - disse Isaquias, dono de quatro medalhas olímpicas.

Além dos olímpicos, são 21 medalhistas em Campeonatos Mundiais, sendo 17 deles em provas olímpicas. Confira todos os nomes e suas modalidades:

Ana Marcela Cunha (águas abertas); Letícia Oro (atletismo); Carol “Naka” Almeida (boxe); Ana Sátila e Pepê Gonçalves (canoagem slalom); Isaquias Queiroz e Erlon Souza (canoagem velocidade); Nathalie Moellhausen (esgrima); Arthur Nory e Arthur Zanetti (ginástica artística); Ana Paula Rodrigues (handebol); Gabriel Santos (natação); Milena Titoneli (taekwondo); Marcus D’Almeida (tiro com arco); Ana Patrícia, Bárbara Seixas e Duda Lisboa (vôlei de praia); Keno Marley (boxe); Felipe França (natação); Paulo Ricardo e Icaro Miguel (taekwondo).

Além dos grandes nomes, há espaço também para a nova geração do esporte brasileiro. Os mais novos da delegação são Laura Silva, do squash, e Hussein Daurich, do tiro esportivo, com 14 anos.

Alguns dos mais jovens já tiveram destaque nos Pan-americanos Júnior Cali 2021 e estão com as vagas garantidas em Santiago 2023, caso dos nadadores Stephanie Balduccini e Breno Correia, e do patinador de velocidade Guilherme Abel Rocha. Agora, eles buscam dar o próximo passo numa competição adulta.

+ AO VIVO E DE GRAÇA: LANCE! está transmitindo ao vivo e de graça jogos da Bundesliga. Confira todas as informações sobre o torneio e transmissão aqui.