Tiafoe bate Rublev e é o 1º americano nas semis do US Open em 16 anos

Dois dias depois da surpreendente vitória sobre o espanhol Rafael Nadal, Francis Tiafoe derrotou o russo Andrey Rublev nesta quarta-feira e se classificou para as semifinais do US Open, que não eram alcançadas por um tenista americano desde 2006.

Tiafoe, número 26 do ranking da ATP, fechou o jogo em 3 sets a 0, com parciais de 7-6 (7/3), 7-6 (7/0) e 6-4, em duas horas e 36 minutos para avançar pela primeira vez na carreira a uma semifinal de Grand Slam.

"Isto é incrível, é louco", declarou o americano depois de fazer uma pequena dança para comemorar a vitória. Depois de vencer Nadal, "era difícil virar a página, mas eu consegui e agora estou na semifinal".

Desde 2006, quando Andy Roddick chegou à decisão e foi derrotado por Roger Federer, outros quatro tenistas caíram nas quartas de final do US Open. O último deles foi John Isner, eliminado pelo argentino Juan Martín del Potro em 2018.

Tiafoe quebrou essa barreira exibindo a mesma potência e confiança da vitória sobre Nadal. Agora, ele vai tentar quebrar o jejum de americanos em Flusing Meadows desde o último título de Roddick, em 2003

gbv/cl/cb