Thiago Silva chega aos 38 anos prestes a atingir marca histórica pela Seleção Brasileira


Em um grupo recheado de jogadores que vão disputar sua primeira Copa do Mundo, um veterano vai para o quarto Mundial e continua sendo sinônimo de segurança entre os titulares. Aos 38 anos, completados nesta quinta-feira, Thiago Silva vai colocar mais uma página na já vitoriosa história. Nesta sexta, chegará aos 108 jogos com a camisa da Seleção Brasileira superando Lúcio.

+ Convocação, jogos… O calendário da Seleção Brasileira até o final da Copa do Mundo

O Brasil faz o penúltimo amistoso antes da Copa do Mundo do Qatar às 15h30 (de Brasília), no estádio Oceane, em Le Havre, na França. Natural do Rio de Janeiro e cria do Fluminense, Thiago vai disputar seu último Mundial. Essa trajetória com a Amarelinha começou em 12 de outubro de 2008, na vitória por 4 a 0 sobre a Venezuela. São 107 partidas, sete gols, além dos títulos da Copa das Confederações de 2013 e a Copa América de 2019.

Veja a tabela da Copa do Mundo 2022

Até qual idade Thiago vai jogar é um mistério. O zagueiro segue em alto nível pelo Chelsea, da Inglaterra, onde conquista cada dia mais a confiança e a idolatria da torcida. No Fluminense, onde foi criado, o jogador é aguardado quando for encerrar a carreira. O que ele já sabe é o que quer ser no futuro: treinador.

- Eu tenho um grande sonho de terminar minha carreira bem, de dar sequência como treinador. Quem sabe algum dia como treinador eu possa comemorar mais um aniversário com a camisa da Seleção - disse, em entrevista à CBF.

Durante a última entrevista antes do amistoso, Tite falou se Thiago será ou não um bom treinador no futuro.

- Sim (será um bom treinador). E ele faz mal para o futebol. E sabe por que ele faz mal para o futebol? Porque ele faz as cosias serem muito fáceis e elas são difíceis para caramba. Ele consegue tomar as decisões mais claras, lúcidas, transparentes e com desempenho técnico impressionante. Estou sem filtro hoje, né? (risos)

​JOGADORES COM MAIS PARTIDAS NA SELEÇÃO BRASILEIRA

1 - Cafu - 150 jogos
2 - Roberto Carlos - 132 jogos
3 - Daniel Alves - 125 jogos
4 - Rivellino - 120 jogos
5 - Neymar - 119 jogos
6 - Pelé e Djalma Santos - 113 jogos
7 - Taffarel - 108 jogos
8 - Lúcio e Thiago Silva - 107 jogos
9 - Leão e Ronaldo - 105 jogos
10 - Gilmar e Ronaldinho Gaúcho - 102 jogos