Tenista francesa Fiona Ferro denuncia ex-treinador por estupro e agressão sexual

Tenista é profissional desde 2012 (Foto: Reprodução/Instagram)


Atual número 259 do ranking da WTA, a tenista francesa Fiona Ferro apresentou uma denúncia de "estupro" e "agressão sexual" contra o seu ex-treinador Pierre Bouteyre. Na época em que os crimes teriam ocorrido, a atleta tinha entre 15 e 18 anos.

Segundo informações, o treinador e ex-tenista Pierre Bouteyre, de 50 anos, foi indiciado no dia 19 de agosto. Ele foi proibido pela Justiça francesa de entrar em contato com Fiona Ferro e de treinar menores, além de ter que se submeter a tratamento psicológico.

+ Tênis: brasileiros em alta e bons resultados no início do US Open

Em entrevista a "AFP", Bouteyre reconheceu a relação, mas negou qualquer coação. Era uma "história de amor", afirmou sua advogada, Virginie Pin.

Fiona tem 25 anos e chegou a ser número 39 do mundo em março de 2021. Recentemente, ela foi eliminada do US Open durante a fase de classificação do quadro principal.