Tenista diz que rivais esconderam Covid em Roland Garros

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Alize Cornet acusou jogadoras de disputarem Roland Garros após testarem positivo para covid. Foto: Robert Prange/Getty Images
Alize Cornet acusou jogadoras de disputarem Roland Garros após testarem positivo para covid. Foto: Robert Prange/Getty Images

A tenista francesa Alize Cornet fez uma afirmação bombástica de que os jogadores adotaram um 'acordo tácito' para esconder deliberadamente o Covid-19, dizendo que houve 'uma epidemia' no Aberto da França do mês passado.

Logo em seguida, a atual número 37 do mundo voltou atrás e insistiu que suas observações eram 'para enfatizar que o vírus agora fazia parte de nossas vidas'.

Leia também:

A jogadora de 32 anos está disputando o Grand Slam de Wimbledon e seus comentários vieram depois que estrelas como Marin Cilic e Matteo Berrettini se retiraram do torneio com testes positivos.

Cornet, que derrotou Yulia Putintseva em dois sets para avançar para a segunda rodada, acredita que houve muitos casos não relatados em torneios recentes.

"No vestiário, todo mundo tinha e não dissemos nada", disse Cornet ao jornal L'Equipe sobre o Aberto da França. “Vi garotas usando máscaras, talvez porque soubessem e não quisessem passar adiante”, explicou.

Cornet voltou atrás em suas alegações apenas algumas horas depois, conforme relatado pelo Yahoo, e disse que apenas “suspeitou de alguns casos de Covid durante Roland Garros, sem ter nenhuma prova”.

Wimbledon foi atingido por um grande golpe do Covid-19 na manhã de terça-feira, depois que o finalista do ano passado, Berrettini, desistiu devido a um surto do vírus.

O popular italiano, em boa forma depois de vencer o Queen's, juntou-se ao ex-vice-campeão Marin Cilic na retirada, esgotando ainda mais o torneio que já tem a ausência de russos e bielorrussos.

Berrettini, que estava entre os três principais favoritos com Novak Djokovic e Rafael Nadal, disse via Instagram: “Estou com o coração partido em anunciar que preciso me retirar de @wimbledon devido a um resultado positivo no teste Covid-19”.

Wimbledon está atualmente seguindo as diretrizes do governo do Reino Unido, que não exigem que os jogadores se testem ou mesmo isolem se forem positivos, o que significa que a decisão de deixar o torneio foi tomada pelos jogadores infectados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos